Grêmio tem três alternativas para superar desfalques de centroavantes

(Foto: Reprodução da Internet)

A bruxa anda solta pelos lados do Humaitá, e a solução ainda parece distante de um consenso. De uma tacada só, o ​Grêmio se viu impedido de utilizar seus dois centroavantes do plantel, já que Jael passou por uma artroscopia no joelho e agora André teve detectado um problema na panturrilha.

O prazo para que ambos retornem aos gramados é de cerca de um mês. Até lá, o técnico Renato Portaluppi precisará quebrar a cabeça para suprir tais ausências, inclusive dos jogos com o Atlético Tucumán pelas quartas de final da Copa Libertadores. São três opções mais viáveis num primeiro momento.

QUER SABER MAIS SOBRE O GRÊMIO? CLIQUE AQUI.

Embora Thonny Anderson tenha sido a alternativa de imediato durante o Gre-Nal, existe uma grande chance de Luan atuar avançado, como um "falso 9". Não seria a primeira vez na carreira do atleta. Outra possibilidade é utilizar Cícero improvisado, como também já aconteceu em outras ocasiões. Com o jogo diante dos argentinos batendo à porta, o tempo é muito curto para aprimorar a escolha. Mas não tem muito jeito, a não ser treinar e treinar mais um pouco.

Conteúdo publicado originalmente no site 90min

RECEBA NOTÍCIAS DO GRÊMIO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!