Diretoria do Botafogo escancara insatisfação e cobra reação dos jogadores

(Foto: Reprodução da Internet)

Se a situação não está nada boa pelos lados de São Januário, o clima também não é dos melhores em General Severiano. Em declínio preocupante desde o pós-Copa, o Botafogo amarga a 15ª posição do Brasileirão, ​somente dois pontos a frente do time que abre a zona de rebaixamento, o Sport.

Sem se encontrar desde a saída de Alberto Valentim, em junho, o elenco do Botafogo sofre com a pressão das arquibancadas e da cúpula alvinegra. Como destaca o ​UOL Esportes, na última terça (11), membros da diretoria se reuniram com os jogadores antes do início do treinamento, exigindo publicamente uma reação imediata do grupo. Os dirigentes entendem que o elenco atual é suficientemente qualificado para ocupar uma posição melhor no Brasileiro, e que o trabalho de Zé Ricardo está longe de ser satisfatório para seu potencial.

QUER SABER MAIS SOBRE O BOTAFOGO? CLIQUE AQUI.

Apesar do mau momento do Glorioso já perdurar há alguns meses, a diretoria entendeu que, por conta de atrasos salariais, nenhuma cobrança pública poderia ser feita ao elenco/comissão técnica. Uma vez que a dívida ativa foi quitada nesta semana, a cúpula alvinegra se vê "em posição" de exigir uma melhora de rendimento dos jogadores.

Pressionadíssimo, o Botafogo volta a campo já no próximo domingo (16), contra o América-MG, no Rio de Janeiro.

Conteúdo publicado originalmente no site 90min

RECEBA NOTÍCIAS DO BOTAFOGO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!