Tomás Andrade 'cobra' vitória do Atlético-MG sobre o Santos: "Não podemos empatar ou perder"

(Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)



Depois de empatar com o Bahia e ser derrotado pelo Internacional, em casa, o Atlético-MG busca reabilitação no Campeonato Brasileiro. No domingo, a equipe recebe o Santos e quer esquecer os maus resultados recentes para não perder contato com os primeiros colocados.

Provável titular contra a equipe paulista, o meio-campista Tomás Andrade destacou a necessidade da vitória e “cobrou” um bom resultado. Com 27 pontos, o Atlético-MG é o quinto colocado, três pontos atrás do Grêmio, que fecha o G4, e oito distante do líder São Paulo.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS
- Fabio Azevedo aponta dois times que não devem mais brigar pelo título do Brasileirão
- Volante do Galo espera boa partida diante do Botafogo e pede atenção
- Atlético-MG não consegue acordo, mas Gallo avança por renovação de Adilson
- Agente mantém influência, mas reduz lista de atletas no Atlético-MG


“Sabemos que temos que ganhar. É um jogo para ganhar. Não podemos empatar ou perder. Temos que ganhar seja como for. Vamos entrar focados e tentar conseguir a vitória”, falou o argentino, em entrevista coletiva na Cidade do Galo.

QUER SABER MAIS SOBRE O ATLÉTICO? CLIQUE AQUI.

Esperando por mais uma oportunidade no time titular, Tomás Andrade admitiu a possibilidade atuar em mais de uma posição. Ontem, 09, o argentino foi testado pelo lado do campo e não vê problema na escolha do treinador.

“Vamos ver o treino de hoje e de amanhã para ver se é confirmado, mas, sim, tenho a esperança de jogar”, disse. “Acho que (minha parte física) está bem, porque já joguei contra o Fluminense também pelo lado direito. Depois acabei jogando pela esquerda contra o Ceará. Não muda nada para mim. Como já falei, o importante é jogar e acho que posso fazer essa função tranquilamente”, completou o meio-campista.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Nas últimas partidas, o Atlético-MG vem sofrendo defensivamente. Assim como havia acontecido em outros jogos, contra o Internacional a equipe foi derrotada após um gol em um lance de desatenção, em uma cobrança rápida de falta.

“Foram três jogos que a gente tomou gol por vacilo nosso, que não pode. Um time que quer brigar por coisas importantes não pode tomar gol assim. A gente já se cobrou, superou isso. Agora é olhar para frente”, avaliou Tomás.

O confronto entre Atlético-MG e Santos será no domingo, às 11h (de Brasília), na Arena Independência. Até o momento, com ingressos a partir de R$ 10, 14.104 torcedores já garantiram presença no duelo.

Conteúdo publicado originalmente no site Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO ATLÉTICO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!