Dinheiro da venda de Rodriguinho corre o risco de ser bloqueado no Corinthians

(Foto: Reprodução da Internet)



É inegável que a venda de Rodriguinho trouxe ao Corinthians uma grande dificuldade para a remontagem do time. Liderança técnica e de postura, o meia alcançou o status de ídolo para muitos torcedores do clube. O que poucos sabem é que talvez a transferência para o Egito não renda um reforço no caixa corinthiano diretamente.

De acordo com o Blog De Prima, o Instituto Santanense de Ensino Superior quer bloquear valores que o clube irá receber referentes à transação com o Pyramids. Pela Justiça, já conseguiu acesso a R$ 260 mil das contas corinthiana. O montante devido, no entanto, é de R$ 4,1 milhões.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS
- PVC chama atenção para números que desanimam a torcida do Corinthians
- Haja coração! Palmeiras e Corinthians podem fazer final nacional e terem cinco duelos em um mês
- Timão dificilmente repetirá "operação de guerra" para ter Fagner contra o Flamengo
- Saída de meia põe fim a quinteto milionário que jamais convenceu


A pretensão do instituto é que, também pela via judicial, o montante recebido seja bloqueado para direcionar ao ressarcimento da dívida.

QUER SABER MAIS SOBRE O CORINTHIANS? CLIQUE AQUI.

Conteúdo publicado originalmente no site 90min

RECEBA NOTÍCIAS DO CORINTHIANS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!