Gabigol associa mau momento do Santos à falta de sorte e entrosamento

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)



O Santos empatou com o Ceará nesta quarta-feira (8) e chegou a sete jogos sem vitória após a Copa do Mundo. A falta de vitórias traz preocupação para o Peixe, que ocupa a 15ª posição do Campeonato Brasileiro e terá decisões pela Copa do Brasil e Libertadores ainda em agosto. No desembarque do time em São Paulo, o atacante Gabriel comentou sobre os resultados santistas.

Gabigol elogiou o elenco e a comissão técnica do Santos e afirmou que tem faltado sorte à equipe para conquistar bons resultados. Também destaca o pouco entrosamento com os reforços (Bryan Ruiz, Carlos Sánchez e Derlis González).

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS
- "Vamos trazer Cavani e Suárez"; brinca Cuca sobre declaração de Carlos Sánchez
- Brasileirão 2018 - Santos x Sport: prováveis times, onde assistir, desfalques e palpites
- Com Sasha e gringos, Cuca relaciona 23 atletas; Copete é cortado da lista
- Cuca revela clima no vestiário após eliminação para o Cruzeiro: 'Muito abatidos'


“A gente está trabalhando. Temos um grande time, grandes jogadores, grande comissão técnica. Vontade e força não faltam. Falta um pouco de sorte, de capricho ali na frente pra fazer os gols e conseguir as vitórias. A gente tem pouco tempo para trabalhar. Agora com a chegada de novos companheiros ainda falta um pouco de entrosamento com eles”, disse Gabriel

QUER SABER MAIS SOBRE O SANTOS? CLIQUE AQUI.

A última vitória do Peixe aconteceu antes do início da Copa do Mundo, contra o Fluminense, pela 12ª rodada do Brasileirão. De lá pra cá, foram nove jogos, sendo dois amistosos e sete oficiais, onde o Peixe teve três derrotas e seis empates.

O próximo jogo do Santos é contra o Atlético-MG, domingo (12), pelo Brasileirão. Três dias depois, o Peixe tem o jogo de volta da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro. Em entrevista coletiva, o técnico Cuca comentou sobre os próximos desafios santistas.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

“Não estamos jogando bem, verdade, jogamos contra Botafogo e Ceará, adversários diretos fora. Não são ótimos, mas não são ruins. Se fizermos dever de casa, pontos vão encorpar lá na frente. E temos que buscar a primeira vitória no Independência. Vai ser tão difícil ou mais que hoje, e depois tem Independiente lá na frente, mais difícil ainda. Estamos passando por esse momento de troca de jogadores em meio a competições importantes. ”

Conteúdo publicado originalmente no site Torcedores.com

RECEBA NOTÍCIAS DO SANTOS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!