Loss dá chances a jovens e faz 'filtro' na base do Corinthians para 2019

(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)



Técnico do sub-20 do Corinthians entre 2013 e 2017, Osmar Loss tem dado chances para jovens desde que assumiu o comando da equipe profissional no fim de maio. No último sábado, por exemplo, quatro jogadores promovidos da base do Timão foram titulares no empate sem gols com o Atlético-PR: Pedro Henrique, Léo Santos, Carlos Augusto e Pedrinho. Além do quarteto, outros atletas com 21 anos ou menos participaram do confronto, como Douglas, Thiaguinho, Mateus Vital e Araos.

De olho em 2019, Osmar Loss já começou a fazer um filtro na base do Corinthians. Ele conta com o apoio principalmente do seu auxiliar Dyego Coelho, que foi técnico do sub-20 de 2017 a junho deste ano, quando subiu para o profissional.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS
- PVC chama atenção para números que desanimam a torcida do Corinthians
- Haja coração! Palmeiras e Corinthians podem fazer final nacional e terem cinco duelos em um mês
- Timão dificilmente repetirá "operação de guerra" para ter Fagner contra o Flamengo
- Saída de meia põe fim a quinteto milionário que jamais convenceu


- Com o Coelho e com o Barroca (atual técnico do sub-20), tem encontro semanais ou pelo menos pelo telefone. Eu e a comissão técnica recebemos todos os jogos editados da base. Quando alguém pode estar presente, vai ver no estádio. Todos os jogos eles me mandam o vídeo editado, em torno de sete minutos, e eu assisto para poder saber quais jogadores estão em evidência. Isso é uma coisa que eu fazia no sub-20, porque acho que compartilha a ascensão do jogador. Muitas vezes o profissional não tem tempo para ver na hora que sugiro um determinado jogador, então tem que estar o tempo inteiro mostrando o jogador em evidência. É uma coisa que a gente sofria antes, de o jogador atuar dois ou três anos na base, mas subir para o profissional sem ser muito conhecido pela comissão - afirmou Loss, em entrevista ao LANCE!.

QUER SABER MAIS SOBRE O CORINTHIANS? CLIQUE AQUI.

Desde que Andrés Sanchez voltou à presidência do clube em fevereiro, o Corinthians tem contratado jovens tanto para o elenco profissional quanto para o sub-20. Para justificar essa estratégia, no Timão é lembrado principalmente o volante Paulinho, que recentemente deixou o Barcelona (ESP) para voltar ao Guangzhou Evergrande (CHN).

Por outro lado, apenas Carlos Augusto foi promovido ao elenco profissional nesta temporada. Constantemente jogadores do sub-20 e até do sub-17 treinam com o elenco principal no CT Joaquim Grava, mas a previsão é de que sejam realmente integrados apenas em 2019, após a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

- Temos jogadores que já vinham desde o início da temporada passada, o Corinthians fez algumas contratações recentemente, e estamos começando a fazer um novo filtro com o departamento de base - disse Loss.

- Neste ano só vai subir alguém por necessidade, por perda específica de algum jogador. A previsão é subir depois da Copa São Paulo - acrescentou o treinador.

Para 2019, o Corinthians também estuda a criação de uma categoria sub-23, como o LANCE! mostrou recentemente. Um dos objetivos é acabar com o "vácuo" entre a categoria sub-20 e o profissional. Alguns jogadores já não têm idade para a base, mas também ficam sem espaço no profissional. Com o sub-23, seria uma nova oportunidade de transição dentro do clube.

- É uma ideia que pode ser que a gente implante no ano que vem. Está em crescimento de ideia, não tem definição de como faremos isso. A ideia é servir de apoio ao profissional, utilizando o calendário que a CBF criou - afirmou Loss, referindo-se ao Campeonato Brasileiro de Aspirantes criado no ano passado.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

RECEBA NOTÍCIAS DO CORINTHIANS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!