Valencia analisa queda de Paquetá no Bota: 'Ele tinha a ambição de ganhar'

(Foto: Reprodução da Internet)



Titular na derrota que culminou na demissão de Marcos Paquetá, Leo Valencia foi o atleta escolhido pelo Botafogo para conceder entrevista coletiva após o revés de 2 a 1, contra o Nacional-PAR, em Assunção, em duelo de ida válido pela segunda fase da Copa Sul-Americana.

Como daria coletiva ao lado de Marcos Paquetá, conforme manda o protocolo da Conmebol, Valencia teve que responder sobre o treinador, que chegou a comparecer à sala de imprensa, mas avisou aos jornalistas que teria uma reunião (para selar a demissão) e não poderia ficar.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS
- Sentimentos extremos! Pimpão manda recado à torcida: 'Gratidão'
- Lindoso crê em aumento de confiança após gols dele e de Valencia
- Igor Rabello fala em 'sensação maravilhosa' com torcida do Botafogo na Sul-Americana
- Botafogo confirma acordo por contratação de Erik


- (Marcos Paquetá) É uma grande pessoa e tinha ambição de ganhar, assim como nós (jogadores) também - comentou o chileno.

QUER SABER MAIS SOBRE O BOTAFOGO? CLIQUE AQUI.

Valencia não quis baixar a guarda para o duelo da volta contra o paraguaio Nacional. Para vencer no Nilton Santos, em compromisso agendado para o dia 16 deste mês, o meia falou em "totais condições de vencer".

- É uma fase mata-mata e é importante. Temos todas as condições de vencer em casa na partida da volta. Temos que trabalhar, dar a volta agora em casa e procurar vencer no fim de semana - finalizou.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

O Botafogo, agora, terá a missão de voltar a vencer diante do Santos, neste sábado, pelo Brasileirão. O time alvinegro deve ser comandado por Bruno Lazaroni, membro da comissão técnica permanente do clube.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

RECEBA NOTÍCIAS DO BOTAFOGO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!