E a estratégia? Com novos problemas físicos, Grêmio não descarta reforços

(Foto: Reprodução da Internet)



Ao poupar jogadores no Campeonato Brasileiro, ficou óbvia a intenção do ​Grêmio em priorizar os torneios de mata-mata. Só que nem mesmo a preservação parece estar surtindo efeito. Nesta quarta-feira, quando o Tricolor empatou em 1 a 1 com o Flamengo, na Arena, pela rodada de ida das quartas de final da Copa do Brasil, o técnico Renato Portaluppi já não conseguiu utilizar seu lateral-esquerdo titular, Bruno Cortez, que vinha de recuperação de uma lesão muscular e ficou no banco, e viu acontecer, no mínimo, mais um problema grave durante a segunda etapa.

O atacante Everton, que era o homem mais perigoso do ataque, sentiu um desconforto na coxa e precisou deixar o gramado. Já o centroavante Jael, que já havia entrado em substituição a André, torceu o tornozelo logo de cara. Ou seja, cada vez mais aumentam as preocupações sobre o potencial do elenco para suprir essas constantes baixas. “Claro que preocupa. Temos três competições fortes. Após a Copa do Mundo, me reuni com todos os setores e pedi um grande empenho, pois o que eu achava, e ainda acho, é que as lesões é que podem nos tirar os títulos que buscamos. Precisamos ter um pouco de sorte também, mas o trabalho está sendo bem feito”, disse o vice-presidente de futebol Duda Kroeff.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS
- Após queda, Grêmio tem confronto de peso para retomar força de 2017
- Grêmio terá força máxima para enfrentar o Corinthians; veja a provável escalação
- Torcedor insinua que elenco do Grêmio levou bronca de Renato, mas recebe resposta de Douglas
- Grêmio pode ter duas alterações para enfrentar o Corinthians


Neste sábado, quando o Grêmio mais uma vez recebe o Fla, desta vez pelo Brasileirão, novamente deve haver opção por uma formação totalmente reserva, uma vez que na terça-feira o time já enfrenta o Estudiantes, na Argentina, pelas oitavas de final da Libertadores da América. Diante de um cenário de incertezas, a chegada de reforços não está descartada. “A princípio estamos satisfeitos com o grupo que temos, mas se a gente souber que tem alguém com alguma lesão que o deixará fora por um bom tempo, vamos sair atrás de um reposição. Estamos trabalhando direito nesse sentido, poupando quando der para poupar”, completou o dirigente.

QUER SABER MAIS SOBRE O GRÊMIO? CLIQUE AQUI.

Conteúdo publicado originalmente no site 90min

RECEBA NOTÍCIAS DO GRÊMIO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!