São Paulo respalda Aguirre e estuda conversa para renovar o seu contrato

(Foto: Reprodução da Internet)



Diego Aguirre está em alta no São Paulo. Muito bem avaliado pelo departamento de futebol do clube, o uruguaio tem contrato com o Tricolor até dezembro. Nas próximas semanas, porém, o assédio sobre o treinador deve aumentar. Por tudo isso, a diretoria cogita conversar com o técnico entre setembro e outubro para discutir a possibilidade de renovar o acordo. Desta maneira, ele terá mais tempo para pensar no seu futuro.

Nesta terça-feira (31), deveria ser realizada a eleição para a presidência da Federação Uruguaia de Futebol, mas os clubes pediram e o pleito foi adiado para daqui a 15 dias. Com a troca no comando da entidade, também deve ser discutida a mudança do treinador da seleção nacional. Um dos nomes mais cotados para o cargo é justamente o de Aguirre.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS
- São Paulo faz treino com 'cuidado especial' antes de enfrentar a Chapecoense
- Liziero tranquiliza após abandonar jogo sentindo dores: "Não foi lesão"
- São Paulo ganha reforço de Rodrigo Caio para a sequência no Brasileirão
- São Paulo desafia tabu contra a Chape: nunca venceu em casa


No entanto, Wilmar Valdez, que renunciou à candidatura para se reeleger, era quem mais gostaria de ver Aguirre no lugar de Óscar Tabárez. Wilmar também mantinha uma relação um pouco mais próxima de Lugano, superintendente de relações institucionais do Tricolor, e do treinador do São Paulo. Figura importante nesta discussão do futuro do treinador, Lugano se mostrou surpreso e chateado com a forma como o pleito foi conduzido.

QUER SABER MAIS SOBRE O SÃO PAULO? CLIQUE AQUI.

"Não há palavras para qualificar o lamentável espetáculo, exibindo todas as misérias humanas, que nossos dirigentes estão dando da Associação Uruguaia de Futebol para toda a sociedade e para o mundo", escreveu Lugano sobre a eleição.

O São Paulo já deixou claro para Aguirre que está satisfeito com o seu trabalho. O treinador também já reiterou diversas vezes que não vai deixar o clube até o fim do ano, quando vence o seu contrato, mesmo com um convite para a seleção uruguaia. Porém, neste momento, tanto o departamento de futebol tricolor quanto o treinador acham que é mais propício focar as atenções no Campeonato Brasileiro e na Copa Sul-Americana. Por isso, também, a renovação do acordo só deverá ser discutida nos próximos meses.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte

RECEBA NOTÍCIAS DO SÃO PAULO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!