Juiz relata que D'Alessandro foi expulso por mandar Wesley "tomar no c..."

(Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)



O árbitro Flavio Rodrigues de Souza relatou em sua súmula da vitória do América-MG por 2 a 1 contra o Internacional que a confusão que resultou nas expulsões de D'Alessandro e Wesley aos 24 minutos do segundo tempo foi marcada por insultos entre os jogadores.

Para justificar a expulsão do meio-campista colorado, o árbitro colocou em sua súmula a seguinte transcrição. "Por após a marcação de uma falta a favor de sua equipe discutir com seu adversário de nº 7 sr. Wesley Lopes Beltrame, empurrando-o e dizendo as seguintes palavras ao mesmo: 'vai tomar no c...'."

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS
- Guerrero não é chamado pela seleção do Peru e poderá encarar o Flamengo pelo Brasileirão
- Inter faz treino fechado e Guerrero fica no vestiário
- Efeito Guerrero gera lucros imediatos e contribui para provável público recorde no Beira-Rio
- Chegada de Guerrero cria alerta entre atacantes em fim de contrato no Inter


Já Wesley, segundo o juiz, revidou nos xingamentos. "Expulso por, após a marcação de uma falta contra sua equipe, ser empurrado por seu adversário de nº 10 sr. Andres Nicolas D'Alessandro que o mandou tomar no c... o mesmo reagiu segurando e empurrando este adversário pelo pescoço e em seguida dizendo as seguintes palavras ao mesmo : 'seu filho da p..., vai tomar no c.. você', precisando ser contido por outros jogadores de sua equipe", escreveu.

QUER SABER MAIS SOBRE O INTERNACIONAL? CLIQUE AQUI.

Após o jogo, o Internacional manifestou indignação pela expulsão de D'Alessandro. Jogadores, direção e comissão técnica fizeram coro ao dizer que não entenderam atitude, pois, de acordo com eles, o árbitro não explicou a razão da punição quando questionado durante a partida.

Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

RECEBA NOTÍCIAS DO INTERNACIONAL DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!