Classificação, mesmo sem atuação esperada, garante boa grana ao Cruzeiro

(Foto: Reprodução da Internet)



O ​Cruzeiro entrou em campo na noite desta segunda-feira precisando apenas de um empate para se classificar às quartas de final da Copa do Brasil. E foi o que ele conseguiu. Se o 1 a 1 diante do Atlético-PR não era o resultado esperado por todos aqueles que foram ao Mineirão, ao menos foi suficiente para embolsar uma boa grana, já superior, por exemplo, ao que foi garantido com a participação nas oitavas de final da Libertadores - que serão disputadas em agosto.

Ao avançar no torneio nacional para pegar o Santos, a equipe mineira tem mais R$ 3 milhões à sua disposição, que se juntam aos R$ 2,4 milhões ganhos na etapa anterior. Caso passe novamente de fase, terá direito a mais R$ 6,5 milhões. No total, quem for campeão ficará com o milionário prêmio de R$ 61,9 milhões, valores bem diferentes em relação ao ano passado. Atual campeão (são cinco títulos no total, mesmo número que o Grêmio), o clube mineiro faturou R$ 6 milhões de premiação e outros R$ 13 milhões por passar por todos os duelos eliminatórios.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS
- Cruzeiro renova contrato de Dedé até 2021
- Decepção? Reforços tem pouca participação nos números do Cruzeiro em 2018
- Fora da briga? Mano Menezes revela pretensões do Cruzeiro no Brasileirão
- Dedé relembra momentos difíceis e comemora convocação para a seleção brasileira


Em comparação com a Libertadores, esta ainda se encontra bem abaixo em termos de benefícios financeiros. Ao chegar nas oitavas, onde terá o Flamengo pela frente, garantiu apenas R$ 2,9 milhões - fora os R$ 6,9 milhões pelas três partidas disputadas em casa na fase de grupos. O vencedor da principal disputa do continente ganhará, no total, R$ 41,8 milhões. Se vale pela consagração internacional, não é tão vantajoso para os cofres.

QUER SABER MAIS SOBRE O CRUZEIRO? CLIQUE AQUI.

Conteúdo publicado originalmente no site 90min

RECEBA NOTÍCIAS DO CRUZEIRO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!