Róger Guedes vê com bons olhos transferência para futebol europeu

(Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

Com propostas para deixar o Atlético-MG, o atacante Róger Guedes ainda não definiu o seu futuro. Nesta terça-feira, o jogador de 21 anos conversou com jornalistas, tentando explicar a situação dele no clube alvinegro. O artilheiro do Brasileirão comentou que rejeitou a proposta feita pela diretoria do Galo, mas não descartou a permanência em Belo Horizonte. O atleta, que está emprestado pelo Palmeiras até o fim da temporada, também ressaltou a possibilidade de se transferir para a Europa.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Um dos pilares da equipe, Róger Guedes foi procurado pelo Atlético-MG para acertar a continuidade do trabalho que vem fazendo no time. O atacante, no entanto, não concordou com termos apresentados na proposta.

- A gente (Róger Guedes e os empresários) não aceitou alguns termos que não levaram ao acerto. Mas eu estou tranquilo. Falei para o Sérgio (presidente do Atlético-MG) e falei para o Gallo (diretor de futebol do Alvinegro) que estou tranquilo aqui no Atlético-MG. Estou feliz aqui. Se tiver que sair, vamos acertar com o clube. Propostas têm. Mas hoje estou feliz aqui - afirmou o jogador.



Róger Guedes não escondeu que vê com bons olhos a transferência para o futebol europeu. Atuar na Europa é como um sonho para o jogador, que sabe da complexidade da negociação.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

- Tem propostas oficiais. O clube está sabendo. O Palmeiras foi notificado também. Mas isso é entre meus agentes e os clubes. Estou bem tranquilo no Atlético-MG. Como eu falei, a gente está tentando entrar em um acordo. Se for bom para mim e para o clube, para o Palmeiras… Porque não é um caso fácil. Tem que resolver aqui, tem que resolver no Palmeiras. Se tiver que sair, também vou ficar muito feliz, porque todo atleta busca isso. A gente busca dentro de campo ajudar a equipe que a gente está vestindo a camisa para honrar e um dia jogar na Europa - disse o atleta.



Seja qual for o destino, o artilheiro do Brasileirão quer que a situação seja resolvida de forma rápida.

- Quero ficar tranquilo. Queria ter resolvido na parada da Copa, mas não resolveu. Espero resolver o mais rápido se fico no clube ou se saio - completou o atacante.



O Palmeiras é detentor de 25% dos direitos econômicos de Róger Guedes, enquanto 75% pertencem ao Criciúma. É a diretoria alviverde que tem a última palavra sobre a venda. O Galo tem a opção de cobrir qualquer proposta para ficar com o jogador.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!