(Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Peres diz que Cittadini só vai disputar clássico pelo Santos se aceitar renovação

Léo Cittadini tem contrato até 31 de dezembro de 2018 e pode assinar um pré-acordo com qualquer clube para sair de graça em janeiro. E mesmo sem permanência assegurada, viajou com o Santos para amistosos no México, contra Monterrey e Querétaro, no sábado e terça-feira. Mas se quiser jogar o clássico diante do Palmeiras, dia 19, no Pacaembu, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, precisará aceitar a proposta do Peixe.

O presidente José Carlos Peres aguarda pelo sim ou pelo não nos próximos dias. Se a resposta for negativa, o Menino da Vila será rebaixado ao time sub-23 até o fim do vínculo. A oferta foi de cerca de R$ 150 mil por mês em acordo de quatro temporadas. As sondagens de Pumas, Puebla e Querétaro, no México, e Samdporia, da Itália, ainda não foram oficializadas.

QUER SABER MAIS SOBRE O SANTOS? CLIQUE AQUI.

“O prazo dele para renovar já acabou. Esperamos que ele renove. Se não renovar, vai para o sub-23. De jeito nenhum (jogar contra o Palmeiras se não renovar). Se não renovou, na volta nem vai para o profissional de novo. Não teremos jogador sem contrato no elenco”, disse Peres, em entrevista à Gazeta Esportiva.

Revelado nas categorias de base do alvinegro, Léo Cittadini tem 24 anos e é utilizado frequentemente pelo técnico Jair Ventura. Ao todo, são 20 partidas e nenhum gol em 2018.

Indeciso sobre a permanência, Léo quer esperar pela janela internacional de transferências para avaliar propostas. A ideia do meia e de seus representantes é compensar o Santos em caso de saída. A assessoria de imprensa informa que o atleta não se pronunciará neste momento.

Conteúdo publicado originalmente no site Gazeta Esportiva

RECEBA NOTÍCIAS DO SANTOS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!

Mais sobre - Santos