Roger testa possível escalação para clássico, mas há mudanças no radar

(Foto: Reprodução)

Weverton; Marcos Rocha, Edu Dracena, Thiago Martins e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique, Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Hyoran; Willian. Foi com esta escalação que o ​Palmeiras iniciou o amistoso desta quarta-feira, no Panamá, contra o Independiente Medellín-COL. Alguns podem estar se perguntando, por exemplo, a respeito das ausências de Dudu e Moisés. Só que há uma justificativa para isso: ambos não poderão estar em campo na primeira partida oficial do Verdão após a Copa do Mundo, dia 19 de julho, contra o Santos.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Para a retomada do Brasileirão, a dupla está suspensa. O meio-campista recebeu o terceiro cartão amarelo no empate em 1 a 1 com o Flamengo, em junho. Já o atacante foi expulso na mesma partida. Com isso, o técnico Roger Machado resolveu testar uma possível formação de olho neste importante compromisso. Deu nova chance a Lucas Lima, que pouco produziu, e mandou Scarpa a campo depois de mais de três meses - não jogava desde 11 de março, quando o time derrotou o Ituano por 3 a 0 pelo Campeonato Paulista.

QUER SABER MAIS SOBRE O PALMEIRAS? CLIQUE AQUI.

Claro, é provável, ainda, que esta escalação sofra algumas modificações. O zagueiro Antônio Carlos, por exemplo, se recupera de dores musculares e, caso esteja 100%, deverá atuar ao lado de Edu Dracena. Na frente, o centroavante Borja também virará opção depois de disputar o Mundial da Rússia pela Colômbia. Ou seja, o segundo de uma série de três compromissos na América Central, vencido pelo Palmeiras por 2 a 0, serviu para o treinador observar uma escalação com ausências confirmadas para a reestreia da equipe. Mas não significa que ela é definitiva.



Conteúdo publicado originalmente no site 90min

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

RECEBA NOTÍCIAS DO PALMEIRAS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!