Com novo treinador, 'coadjuvantes' buscam espaço e prestígio no Botafogo

(Foto: Reprodução)

A pausa no calendário para realização da Copa do Mundo é útil não apenas para atletas descansarem e se recuperarem fisicamente. Para alguns jogadores em baixa, a inter-temporada é a hora de convencer o treinador de que são importantes para a equipe.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Como destaca o ​UOL Esportes, três atletas do Botafogo vivem essa expectativa de conquistar o novo comandante alvinegro, Marcos Paquetá, e provar que não são meros coadjuvantes: Gustavo Bochecha, Renatinho e Yuri.

QUER SABER MAIS SOBRE O BOTAFOGO? CLIQUE AQUI.

Bochecha, que realizou alguns jogos com Valentim entre abril e maio, ficou mais de um ano 'fora de combate' devido à uma grave lesão no joelho. Yuri, por sua vez, ainda não estreou na temporada e passou por cirurgia no pé direito durante o mês de março.



Para eles, o período sem jogos oficiais é valioso: "A pausa para nós, que trocamos de treinador, é bom. Tempo para aprendermos a metodologia dele. Alguns jogadores que vinham machucados têm tempo maior de recuperação, demos muita sorte neste mês de Copa", afirmou Renatinho.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Conteúdo publicado originalmente no site 90min



RECEBA NOTÍCIAS DO BOTAFOGO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!