São Paulo precisará de cautela para contratar jogadores estrangeiros

(Foto: Erico Leonan/saopaulofc.net)

A diretoria do São Paulo precisará ter cautela com a contratação de jogadores estrangeiros nos próximos dias. Isto porque o Tricolor já atingiu o número máximo de atletas não-brasileiros permitidos pela CBF: cinco.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Recém-chegado ao clube do Morumbi, o equatoriano Joao Rojas se junta ao seu compatriota Arboleda, ao colombiano Tréllez, ao peruano Cueva e ao uruguaio Gonzalo Carneiro.

QUER SABER MAIS SOBRE O SÃO PAULO? CLIQUE AQUI.

Apesar do limite imposto pela entidade que gere o futebol no país, o São Paulo não está impedido de contratar novos estrangeiros. Inclusive, na temporada passada o Tricolor chegou a ter seis atletas nascidos em outros países em seu elenco: Lugano, Buffarini, Lucas Pratto, Arboleda, Cueva e Jonatan Gómez.



Na prática, o time precisa deixar um jogador fora da lista de relacionados para os jogos do Campeonato Brasileiro. Caso leve mais de cinco atletas para o banco de reservas, o Tricolor estará sujeito às punições financeiras e esportivas por descumprimento do regulamento geral de competições da CBF.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Na Copa Sul-Americana, competição organizada pela Conmebol, a regra não existe e, inclusive, os cinco jogadores poderão atuar juntos com a camisa do Tricolor em uma mesma partida.



Na tentativa de deixar seu elenco mais forte para o segundo semestre do Brasileirão, a diretoria do São Paulo busca no mercado um lateral-direito, um volante com funções similares às de Petros, um meio-campista com características de armação e mais um atacante. A promoção de um ou outro jogador das categorias de base não está descartada.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!



RECEBA NOTÍCIAS DO SÃO PAULO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!