Diretor financeiro deixa o Corinthians e avisa: "Este ano vai ser muito difícil"

(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O Corinthians perdeu o seu diretor financeiro, Wesley Melo, que deixou o cargo há aproximadamente três semanas alegando dificuldades para conciliar a vida pessoal e profissional. Ele havia sido nomeado pelo presidente Andrés Sanchez há pouco menos de cinco meses, e em entrevista ao ESPN.com.br, falou sobre sua saída do clube.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS






“Estava me sentindo mal, porque a situação está muito difícil. Não dá para ser diretor de fachada, tem que estar lá, dando atenção, buscando soluções, e eu não estava conseguindo”, lamentou Melo.

QUER SABER MAIS SOBRE O CORINTHIANS? CLIQUE AQUI.

O agora ex-diretor financeiro do Corinthians também avaliou a situação do clube, lembrando que no primeiro trimestre deste ano o déficit foi de R$ 2,67 milhões. Além disso, o Timão aumentou sua dívida, que foi de R$ 448,4 milhões para R$ 475,9 milhões entre o fim de 2017 e março de 2018.



“Este ano vai ser muito difícil. A gente já passou um semestre e a gente ainda tem um gap no fluxo de caixa, este segundo semestre vai ser muito difícil economicamente, financeiramente, mas ano que vem temos outra chance de recuperar”, disso o ex-dirigente.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Para Melo, a situação financeira do Corinthians só deve começar a se estabilizar a partir de 2019. “Tem contratos que vencem no próximo ano, deve ter uma redução importante na folha de pagamento do futebol, que é realmente muito alta, o grande custo que temos no clube, então, ano que vem espero que seja uma situação muito melhor, mas este ano, é um ano difícil, complicado.”



Antes de deixar o cargo, Wesley Melo criou polêmica ao falar sobre o rival Palmeiras. “O [modelo] do Palmeiras é um caso muito específico, muito pontual: sorte. Sorte deles terem a Crefisa colocando bastante dinheiro lá… Sorte deles. Já no Flamengo eu vejo realmente gestão. O Flamengo tem feito algo que eu admiro, que venho acompanhando já há alguns anos. Eles estão colhendo o que eles fizeram lá atrás. Acho que o Corinthians pode seguir esse mesmo caminho do Flamengo“, analisou o ex-diretor corintiano em entrevista à ESPN.

Conteúdo publicado originalmente no site Torcedores.com



RECEBA NOTÍCIAS DO CORINTHIANS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!