Cruzeiro tem trunfo para garantir permanência de Lucas Silva

(Foto: Reprodução)

Antes da parada para a Copa do Mundo, o Real Madrid decidiu complicar a situação para o Cruzeiro na negociação para a permanência de Lucas Silva. Comprar o passe do atleta, pagar 100% dos salários eram algumas exigências, algo que fez a Raposa recuar. Na contra-proposta enviada, o time celeste está animado com a possibilidade de permanência.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Na oferta, a Raposa quer ficar responsável por pagar parte dos salários do jogador, cerca de R$ 600 mil ao mês. Isso para um novo empréstimo de um ano. No contrato, novamente não terá obrigação do clube mineiro em escalar o atleta em número mínimo de jogos.

QUER SABER MAIS SOBRE O CRUZEIRO? CLIQUE AQUI.

Uma reunião já foi agendada para a manhã desta quarta-feira (27 de junho). O empresário do jogador vai se reunir com o vice-presidente do Cruzeiro Itair Machado e confirmar o acordo.



Antes da parada para a Copa do Mundo, o contrato era com o Cruzeiro pagando 10% dos salários do jogador, cerca de R$ 60 mil. Quando enviou a proposta, nos mesmos moldes, a Raposa ouviu a resposta negativa do time de Madrid. Além disso, com a saída de Zidane, o novo treinador faria a escolha. Existia a expectativa de uma proposta da Europa.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Lucas Silva virou titular absoluto do Cruzeiro nos últimos meses. O atleta foi lançado por Mano Menezes na vaga de Ariel Cabral, em um jogo da Copa Libertadores, e não abriu mais espaços para os concorrentes.



Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports

RECEBA NOTÍCIAS DO CRUZEIRO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!