Corinthians pode ter duas novidades para o segundo semestre de 2018. Confira



As jovens promessas em quem o presidente Andrés Sanchez decidiu apostar enfim terão a oportunidade de mostrar serviço no Corinthians. O técnico Osmar Loss pretende observar o volante Thiaguinho e os atacantes Matheus Matias e Bruno Xavier nos amistosos que o seu time fará durante o recesso do Campeonato Brasileiro.

“Será fundamental para ver esses meninos com a camisa do Corinthians, dar minutagem para eles, sentir as suas características. Treinar, como eles têm feito, é importante, mas jogar é fundamental. Vamos analisar o que eles podem produzir”, prometeu Loss.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS
- Henrique descarta favoritismo contra o Flamengo: "Se resolve no campo"
- Flamengo e Corinthians fecham acordo milionário e vão ganhar o dobro de rivais
- Saiba quanto o Corinthians terá que pagar se quiser adquirir jogador do Real Madrid
- Corinthians fecha com empresa e receberá R$ 12 milhões por ano


Do trio de novatos, o único a já ter estreado pelo Corinthians foi Matheus Matias, que chegou do ABC no início do ano e substituiu o centroavante Roger nos minutos finais do empate por 0 a 0 com o Vitória, no sábado, em Itaquera. Além dele, Thiaguinho e Bruno Xavier, vindos do Nacional, estão relacionados para o jogo contra o Bahia, nesta quarta-feira, na Fonte Nova.

QUER SABER MAIS SOBRE O CORINTHIANS? CLIQUE AQUI.

As promessas corintianas, contudo, só deverão ganhar mais tempo em campo nos amistosos contra o Cruzeiro, em 4 de julho, no Mineirão, e no dia 11, na Arena Corinthians, e diante do Grêmio, no dia 8, na Arena Pantanal. Será nesses jogos também que Loss deverá avaliar como os volantes Ralf e Renê Júnior e o atacante Clayson evoluíram na recuperação de suas lesões – os três já trabalham normalmente com bola, ao contrário do meia Jadson.

No período de observações, Loss almeja se sentir seguro para começar a moldar o Corinthians que foi de Fábio Carille ao seu próprio estilo. “Muitas vezes, vocês me perguntaram sobre ansiedade. Confesso que tenho ansiedade mesmo de poder dar mais treinos. Eu me considero um treinador muito qualificado no dia a dia, então estou ansioso para dar treinamentos e ver a equipe responder de fato. Hoje, sem treinos, seria muito presunçoso fazer grandes mudanças. Haveria uma chance maior de não dar certo”, argumentou.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Passado o compromisso contra o Bahia, adversário que precisa derrotar para amenizar a pressão gerada pela série negativa no comando do Corinthians, Loss ainda esperará para treinar o seu time. O clube concedeu 10 dias de descanso aos atletas antes de iniciar a sua intertemporada.

Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports

RECEBA NOTÍCIAS DO CORINTHIANS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!