Vasco conversa com o Ceará por acordo para Raul ser liberado antes

(Foto: Divulgação)

O volante Raul já realizou exames médicos no Vasco e fechou com o Cruz-Maltino até o fim de 2020. O atleta, de 21 anos, porém, ainda não pode iniciar os treinos com o técnico Zé Ricardo, nem ser anunciado pelo clube. O motivo? Ter contrato vigente com o Ceará até o final deste mês. A cúpula de São Januário, querendo ter Raul à disposição ainda neste mês, vem conversando com a diretoria do clube cearense de olho em um acordo para uma liberação antecipada.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





As conversas tendem a ter um desfecho pela liberação antecipada de Raul até o fim desta semana. O fato de o volante ter tido formação no Ceará e deixado um percentual de seus direitos com a equipe pode faciliar a negociação com este fim. No contrato fechado com o Vasco, o clube presidido por Alexandre Campello ficará com aproximadamente 70% dos direitos de Raul. Um percentual seguirá com os seus empresários.

Caso a liberação antecipada não seja acertada, Raul deve estrear pelo Vasco somente após a paralisação dos jogos do Campeonato Brasileiro por conta da Copa do Mundo da Rússia. Isso devido ao fato de o volante, neste cenário, ser integrado ao elenco do técnico Zé Ricardo somente no primeiro dia de junho. Teria que passar ainda um período treinando com os companheiros para pegar entrosamento.



A diretoria do Vasco já estava de olho em Raul há alguns meses. Neste mês, demonstrou interesse e fez uma sondagem pelo garoto. O clube aguardava ajuda de investidores e, após encontrar, fechou o negócio. Ele chega de graça. É a segunda contratação do Vasco após a eliminação precoce na fase de grupos da Conmebol Libertadores. Antes do volante, o goleiro Fernando Miguel chegou ao clube, que ainda espera fechar com mais reforços nos próximos dias.

Raul não atua pelo Ceará desde final do Campeonato Cearense, quando foi titular diante do Fortaleza, no jogo em que o Alvinegro acabou se sagrando campeão estadual – vitória por 2 a 1. Apesar de ter disputado apenas 13 partidas em 2018, o meia foi um titular durante quase toda a campanha do Ceará na Série B em 2017, que levou a equipe de volta à elite do futebol nacional. Raul entrou em campo em 31 dos 38 jogos, sendo titular em 28.



Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

Notícias pelo Messenger

Mais sobre - Vasco da Gama