Renato Gaúcho admite atuação fraca do Grêmio e mira o primeiro lugar do grupo

(Foto: Divulgação)

No sufoco, o Grêmio derrotou o Monagas e conseguiu uma vaga nas oitavas de final da Libertadores. Sincero como sempre, o técnico Renato Gaúcho não gostou da apresentação do Tricolor e aproveitou para reclamar do gramado do estádio Monumental de Maturín.

"Nós sabíamos do resultado do Cerro e tive uma conversa com o grupo. Falei que era necessário vencer para brigar pelo primeiro lugar em casa. Não fizemos um bom primeiro tempo, melhoramos depois. Mas tem lógica. Gramado muito ruim, muito ruim mesmo. Péssimo. Além do mais, estávamos sem muitos jogadores. No final das contas prevaleceu a garra em um final eletrizante mesmo. Agora o Grêmio depende de si mesmo para ficar em primeiro", disse Renato Gaúcho em entrevista coletiva.

QUER SABER MAIS SOBRE O GRÊMIO? CLIQUE AQUI.

"Poderíamos ter jogado melhor, sem dúvida, mas o gramado era ruim também. Fico feliz e tranquilo. Eu treino o grupo e não só uma equipe. E aí todo jogador precisa estar preparado para quando a oportunidade surgir, seja desde o início ou no decorrer da partida. No momento em que a gente não conta com gente importante, sei que quem entra em campo vai dar conta do recado. Mesmo com gramado ruim nós criamos bastante, então eu gostei", completou.

Com a vida decidida no torneio continental, o Grêmio volta as atenções para o Campeonato Brasileiro. No fim de semana, o Tricolor encara o Paraná, em Curitiba.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

RECEBA NOTÍCIAS DO GRÊMIO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!