Corinthians busca manter tripla invencibilidade diante do Deportivo Lara

Pressionado após ter sido derrotado em casa pelo Independiente-ARG, o Corinthians já se encontra na Venezuela, onde tentará ao menos um empate diante do Deportivo Lara, nesta quinta (17), para não chegar à última rodada da fase de grupos precisando de uma vitória (contra o Millonarios-COL).

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





O Alvinegro, porém, conta com um aliado pra lá de positivo: seu retrospecto histórico. Em oito partidas disputadas na Venezuela, o clube venceu sete (incluindo dois trunfos sobre a Roma-ITA e dois sobre o Barcelona-ESP) e empatou apenas uma. Essa igualdade aconteceu justamente na última vez em que o Corintians esteve no país vizinho, em 2012.

Com um gol de Ralf nos segundos finais, a equipe comandada por Tite empatou em 1 a 1 com o Deportivo Táchira e deu seu primeiro passo rumo ao título sul-americano daquela temporada.



Além do bom retrospecto em solo venezuelano, o Corinthians também tem um histórico impecável contra equipes desse país em competições oficiais, independentemente de onde a partida é realizada. Em cinco partidas, são quatro vitórias e um empate (já citado, contra o Táchira), com 20 gols marcados e três sofridos.

Sendo assim, caso não seja derrotado, o Corinthians manterá vivas três invencibilidades: em jogos na Venezuela, em partidas contra clubes venezuelanos e em duelos contra o Deportivo Lara. Já se vencer, também confirmará uma vaga nas oitavas de final da Libertadores.



Conteúdo publicado originalmente no site Esporte Interativo

Notícias pelo Messenger

Mais sobre - Corinthians