Atlético-MG terá que vencer Chape para avançar na Copa do Brasil

(Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

O Atlético-MG visita a Chapecoense na Arena Condá, nesta quarta-feira, para duelo decisivo pela Copa do Brasil. Como empataram em 0 a 0 na partida de ida, no dia 5 de maio, no Independência, quem vencer o confronto avança para as quartas de final da competição. Em caso de empate a decisão vai para os pênaltis.

Sem surpresas, o técnico Thiago Larghi convocou 23 jogadores. Apenas dois laterais foram relacionados: Patric, o titular na direita, e Fábio Santos, o titular na esquerda.

QUER SABER MAIS SOBRE O ATLÉTICO? CLIQUE AQUI.

O recém-contratado Emerson não pode defender o Atlético-MG por já ter atuado nesta edição do torneio, quando ainda defendia a Ponte Preta. O volante Lucas Cândido, que também atua como lateral esquerdo, não viajou com o grupo.

A tendência é que o treinador alvinegro repita a base da escalação do último domingo, quando o Galo venceu por 2 a 1 o Atlético-PR, na Arena da Baixada, pelo Brasileirão.

O time que deve iniciar o jogo contra a Chapecoense é: Victor; Patric, Bremer (Leonardo Silva), Gabriel e Fábio Santos; Adilson; Otero (Cazares), Gustavo Blanco, Luan e Róger Guedes; Ricardo Oliveira.

Pelo lado do Verdão do Oeste, o técnico Gilson Kleina poderá contar com Luiz Antonio. O meia está totalmente recuperado da lesão muscular na coxa e é uma das opções contra o Galo.

Como já atuou pelo Sport na competição, Leandro Pereira não poderá entrar em campo pela Chapecoense. Wellington Paulista está confirmado para a posição. A tendência é que Kleina mantenha o esquema igual ao usado contra o Flamengo, no último domingo, com três atacantes.

O provável time da Chape é: Jandrei; Apodi, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Marcio Araújo e Canteros; Guilherme, Arthur e Wellington Paulista.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

RECEBA NOTÍCIAS DO ATLÉTICO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!