Edilson elogia Universidad de Chile e diz o que Cruzeiro precisa fazer em jogo da Libertadores

(Foto: Washington Alves/LightPress/Cruzeiro)

O Campeonato Brasileiro ficou de lado. O pensamento é total na Conmebol Libertadores. Com um desempenho fraco até agora, uma derrota fora e um empate em casa, o Cruzeiro quer se recuperar, em duelo contra a Universidad de Chile, nesta quinta-feira (19 de abril), às 21h30 (de Brasília), em Santiago.

Edilson ressalta que é preciso ter cautela para enfrentar a La U no Chile.

QUER SABER MAIS SOBRE O CRUZEIRO? CLIQUE AQUI.

“É a minha estreia. Estou feliz em estrear. No primeiro jogo não deu e no segundo estava machucado. Mas é como eu disse: não podemos nos atirar de qualquer forma para cima da La U, um adversário que tem uma transição muito rápida. Mas também não podemos esperar o tempo todo, ter pressão o tempo todo, porque uma hora eles acabam furando o bloqueio. Temos que jogar de igual para igual, respeitando a equipe deles. Temos jogadores de altíssimo nível. Cruzeiro é muito grande para ficar só respeitando eles. Tenho certeza que será um jogo franco, aberto, mas temos que usar o que temos de melhor para que possamos vencer”, salientou.

O ala ainda ressaltou que a equipe precisa buscar o ataque, mas salienta que não pode deixar a defesa sem cobertura para não correr riscos.

“Temos que nos expor na medida do possível. Eles estão jogando na casa deles, é natural que o time que joga em casa saia um pouco mais, pelo apoio da torcida. Então esperamos um jogo que eles ataquem e nós também, então temos que estar equilibrados defensivamente, para que quando apoiarmos, apoiarmos bem”, finalizou.

Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports

RECEBA NOTÍCIAS DO CRUZEIRO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!