Publicada em 16/04/2018, às 19:25

Edilson elogia Universidad de Chile e diz o que Cruzeiro precisa fazer em jogo da Libertadores

(Foto: Washington Alves/LightPress/Cruzeiro)

Notícias pelo Messenger

O Campeonato Brasileiro ficou de lado. O pensamento é total na Conmebol Libertadores. Com um desempenho fraco até agora, uma derrota fora e um empate em casa, o Cruzeiro quer se recuperar, em duelo contra a Universidad de Chile, nesta quinta-feira (19 de abril), às 21h30 (de Brasília), em Santiago.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Edilson ressalta que é preciso ter cautela para enfrentar a La U no Chile.

“É a minha estreia. Estou feliz em estrear. No primeiro jogo não deu e no segundo estava machucado. Mas é como eu disse: não podemos nos atirar de qualquer forma para cima da La U, um adversário que tem uma transição muito rápida. Mas também não podemos esperar o tempo todo, ter pressão o tempo todo, porque uma hora eles acabam furando o bloqueio. Temos que jogar de igual para igual, respeitando a equipe deles. Temos jogadores de altíssimo nível. Cruzeiro é muito grande para ficar só respeitando eles. Tenho certeza que será um jogo franco, aberto, mas temos que usar o que temos de melhor para que possamos vencer”, salientou.



O ala ainda ressaltou que a equipe precisa buscar o ataque, mas salienta que não pode deixar a defesa sem cobertura para não correr riscos.

“Temos que nos expor na medida do possível. Eles estão jogando na casa deles, é natural que o time que joga em casa saia um pouco mais, pelo apoio da torcida. Então esperamos um jogo que eles ataquem e nós também, então temos que estar equilibrados defensivamente, para que quando apoiarmos, apoiarmos bem”, finalizou.



Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports

Mais sobre - Cruzeiro