Abel ressalta aplicação tática, mas lembra gols perdidos pelo Fluminense

(Foto: Lucas Merçon/Fluminense F.C.)

Alegria e decepção. Foi assim que o técnico Abel Braga definiu o sentimento da equipe depois da derrota por 2 a 1 para o Corinthians, em São Paulo. Alegria pelo bom jogo - segundo o comandante - da equipe tricolor, principalmente no segundo tempo. E decepção pelos vacilos nos dois tentos corintianos, sendo o último marcado no final da partida, depois dos 40 minutos da etapa final.

- Alegria e decepção, porque você tem de ver o futebol de forma simples: sofri dois gols. Não podemos dizer que foram jogadas trabalhadas, o primeiro é de um tiro de meta do Corinthians, foi treinada ontem pela própria altura dos homens de frente dele, sofremos o gol. Conseguimos o gol de empate e depois só teve uma equipe em campo. Qual a defesa que meu goleiro fez? Sofremos - lamenta o técnico do Fluminense, que mantém o otimismo para a sequência:

QUER SABER MAIS SOBRE O FLUMINENSE? CLIQUE AQUI.

- A bola do Sheik vai de forma vertical e com três zagueiros isso não acontecia há tempos. Achou o Rodriguinho. Saio otimista, mais do que quando eu cheguei. Queria ver a reação do meu time contra uma equipe forte. Tivemos muita aplicação tática, conseguimos neutralizar o que o Corinthians tem de mais forte, mas são os campeões brasileiros. Nas duas possibilidades que tiveram de marcar, eles marcaram. Nós não concretizamos - completou Abel.

Agora, o Fluminense volta a campo apenas no domingo que vem, dia 22. O adversário será o Cruzeiro, às 16h, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

RECEBA NOTÍCIAS DO FLUMINENSE DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!