Presidente do TJD-RJ abre inquérito para apurar racismo no Fla x Bota

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)



A denúncia da Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro foi adiante (TJD-RJ). O presidente da casa, Marcelo Jucá, deferiu o pedido de abertura de inquérito para apurar se houve "infração disciplinar" na partida entre Flamengo e Botafogo do último dia três. Desta forma, está autorizada a investigação de injúria ou racismo contra Vinícius Júnior, na ocasião.

Naquele clássico, o atacante rubro-negro foi expulso por entrada violenta no zagueiro Igor Rabello. Na sequência, ouviu ofensas de parte da torcida alvinegra enquanto deixava o gramado.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS

- PVC chama atenção para números que desanimam a torcida do Corinthians

- Brasileirão 2018 - Vitória x Palmeiras: prováveis times, desfalques, onde ver e palpites

- Barbieri quebra cabeça no Flamengo para substituir Diego e Réver; veja as opções

- São Paulo faz treino com 'cuidado especial' antes de enfrentar a Chapecoense



Logo após o clássico, o Rubro-Negro se posicionou contra a hostilização do atleta. Vinícius havia sido personagem de polêmica no duelo anterior entre as equipes, ao comemorar um gol lembrando o "chororô".

No ano passado, o jovem também foi pivô de polêmica. Familiares dele foram vítimas de racismo em partida no mesmo estádio Nilton Santos. Na ocasião, houve forte campanha contra as ofensas.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO