Falta pouco: Igor Rabello avalia ataque e defesa do Botafogo

(Foto: Reprodução/Twitter)



Parece senso comum o maior poder de criação que o Botafogo de Alberto Valentim conseguiu obter. Contudo, a pouca quantidade de gols marcados (cinco, média de um por jogo) e as chances que os rivais têm preocupam parte da torcida. Após um mês de trabalho do treinador, o zagueiro Igor Rabello avalia como positiva a direção da equipe.

- Nosso time está encaixado, conseguindo jogar. Mas vou discordar de estar dando chances aos adversários. No último jogo eles (Volta Redonda) tiveram chances. A gente tem trabalhado bastante a parte defensiva. No ofensivo, uma hora vai sair o gol - garante Rabello.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS
- Sentimentos extremos! Pimpão manda recado à torcida: 'Gratidão'
- Lindoso crê em aumento de confiança após gols dele e de Valencia
- Igor Rabello fala em 'sensação maravilhosa' com torcida do Botafogo na Sul-Americana
- Botafogo confirma acordo por contratação de Erik


Qual seria a grande virtude do Glorioso até aqui? E no que o Glorioso precisa melhorar, especialmente contra o Vasco, no clássico decisivo de domingo? O general responde.

QUER SABER MAIS SOBRE O BOTAFOGO? CLIQUE AQUI.

- Estamos bastante compactos, trabalhando bem a bola. E melhorar na última situação, que é o gol. Quando sair, vão sair bastantes gols - afirma o zagueiro.

Bebeto

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Igor Rabello foi questionado, obviamente, sobre a morte do ex-presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas. Apesar de cria da base alvinegra, ele não trabalhou sob as ordens do ex-mandatário, mas amparou quem conviveu com ele. E desejou bons sentimentos à família.

- Complicado, lamentamos a perda dele. Jefferson e outros funcionários, até da fisioterapia, trabalharam com ele. Sentimentos à família - lamentou.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

RECEBA NOTÍCIAS DO BOTAFOGO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!