Cruzeiro inicia semana livre de jogos com expectativa de retorno de Fred

(Foto: Washington Alves/LightPress/Cruzeiro)



Ausente nos últimos jogos da primeira fase do estadual, o atacante Fred está quase retornando aos treinos na Toca da Raposa. Nesta terça-feira, os jogadores se reapresentam no centro de treinamento e o camisa 9 terá dos médicos o parecer dos últimos exames. Dependendo dos resultados, Fred pode até iniciar as primeiras atividades no campo.

Fred se lesionou na estreia celeste na Libertadores, dia 27 de fevereiro. Com menos de cinco minutos em campo, o jogador sentiu dores na panturrilha direita depois de tentar um voleio dentro da grande área. Desde então, o atacante ficou de fora por três partidas e teve um prazo de recuperação estipulado em duas semanas, que vence nesta terça-feira.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS
- Cruzeiro renova contrato de Dedé até 2021
- Decepção? Reforços tem pouca participação nos números do Cruzeiro em 2018
- Fora da briga? Mano Menezes revela pretensões do Cruzeiro no Brasileirão
- Dedé relembra momentos difíceis e comemora convocação para a seleção brasileira


Na semana passada, Fred já havia sido reavaliado pelos médicos. Sem sentir novas dores, o jogador apresentou um quadro positivo e surpreendeu com uma evolução além do esperado. Um exame de imagem foi realizado na última segunda-feira.

QUER SABER MAIS SOBRE O CRUZEIRO? CLIQUE AQUI.

Enquanto esteve ausente, Fred foi substituído por Raniel e Rafael Sóbis. O garoto se saiu bem no clássico contra o Atlético-MG e marcou o gol da vitória, enquanto Sóbis começou de titular na partida contra a URT e deu duas assistências além de um gol. No último domingo, a equipe reserva fechou a primeira fase do Mineiro contra o Patrocinense. Rafael Marques foi a referência dentro da área e inaugurou o placar para a Raposa.

Drama antigo na panturrilha

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

A panturrilha já é motivo de frequentes dores de cabeça para Fred. Hoje no Cruzeiro, o atacante também teve problemas parecidos nas passagens pelo rival Atlético-MG e pelo Fluminense. Em seu primeiro ano no Galo (2016), o atacante teve poucos problemas físicos, mas em julho do ano passado foi constatado com um estiramento na panturrilha direita. Na ocasião, ele voltou na partida decisiva contra o Jorge Wilstermann, pouco mais de duas semanas depois, mas jogou visivelmente no sacrifício e não conseguiu ajudar a equipe a se classificar na Libertadores.

Ainda antes de defender o Atlético, Fred também conviveu com inúmeros problemas na panturrilha quando vestia a camisa do Fluminense. Seja na perna esquerda ou na direita, o jogador viveu o drama em pelo menos três ocasiões. Em uma delas, chegou a perder 22 jogos do Brasileirão de 2010. Frequentemente convocado para a Seleção Brasileira, suas participações com a amarelinha também ficaram prejudicadas em alguns momentos.

Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte

RECEBA NOTÍCIAS DO CRUZEIRO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!