Corinthians confirma que está muito próximo de anunciar a contratação do lateral Zeca

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)



O Corinthians está muito próximo de fechar contratação do lateral-esquerdo Zeca, que estava desde o fim do ano passado afastado do elenco do Santos por conta de uma briga judicial. Nesta terça-feira (13 de março), Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Timão, revelou que um acordo está próximo.




CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





LEIA MAIS

- PVC chama atenção para números que desanimam a torcida do Corinthians

- Brasileirão 2018 - Vitória x Palmeiras: prováveis times, desfalques, onde ver e palpites

- Barbieri quebra cabeça no Flamengo para substituir Diego e Réver; veja as opções

- São Paulo faz treino com 'cuidado especial' antes de enfrentar a Chapecoense



“Só quando tiver assinado o contrato podemos dizer que está contratado, mas o processo está sendo feito e esperamos um acordo nas próximas horas”, disse o dirigente. Duílio também explicou que o departamento jurídico do clube liberou a negociação.




“Jurídico deu aval, seria um risco muito pequeno para o Corinthians. Seria responsabilidade integral do atleta são os responsáveis por qualquer penalidade financeira que o Corinthians possa receber”, afirmou o diretor, que disse que não entrou em acordo com o Santos por uma possível troca envolvendo Lucca e Marquinhos Gabriel.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Entenda a situação do jogador

Zeca entrou na Justiça contra o Peixe em outubro de 2017. Depois de perder em três instâncias, conseguiu uma decisão favorável via liminar e se desvinculou do alvinegro. A audiência, porém, está marcada apenas para abril. A primeira tentativa dos representantes de Zeca foi colocá-lo em algum clube brasileiro. O Flamengo esteve perto, mas o departamento jurídico vetou. Diante desse cenário, o lateral foi oferecido no mercado europeu. O Girona-ESP demonstrou interesse, porém, também recuou após não ter garantias da contratação.

O Santos tinha a certeza de que pode cobrar a multa rescisória de 50 milhões de euros (cerca de R$ 200 milhões) se Zeca assinar com outro clube. O lateral abandonou o trabalho e alegou falta de pagamento do fundo de garantia, o que o Peixe nega veementemente.

Com o imbróglio, Zeca está há meses sem atuar e nem treinar, apenas mantendo a forma na academia. Como a audiência é em abril e as equipes não têm garantias jurídicas, o lateral poderia ficar até seis meses longe dos gramados.

Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports