Sem Otero, Atlético enfrenta lanterna em busca da classificação

(Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

Após derrota no clássico contra o Cruzeiro, o Atlético Mineiro vai em busca da classificação para os playoffs do Estadual. Caso vença o Uberlândia, fora de casa, nesta quinta-feira, às 19:15, o Galo garante a terceira posição e pode ter vantagem nas quartas de final. Cazares entra no lugar de Otero, suspenso por três cartões amarelos e Carlos desfalca o time com suspeita de lesão.

Com as vitórias da Tombense e do América, que garantiu a segunda coloção, o Atlético caiu duas posições na tabela e está na sexta colocação, com 12 pontos. Com isso, o jogo contra o Uberlândia é decisivo, caso o Galo queira se classificar em terceiro colocado e ainda garantir vantagem nas quartas de final. Se perder, o Atlético fica em uma situação mais delicada, podendo se classificar com uma campanha abaixo da média e ficando atrás de times como Tombense, Boa Esporte e Tupi.

QUER SABER MAIS SOBRE O ATLÉTICO? CLIQUE AQUI.

Participante direto de sete dos 17 gols do Atlético na temporada, Otero é considerado um dos melhores jogadores do Galo no ano e tem desenvolvido papel importante desde que o técnico Thiago Larghi assumiu o comando técnico do clube. Otero não joga porque conta de acúmulos de cartão amarelo.

No seu lugar, Cazares ganha uma nova chance. Destaque em temporadas anteriores e mesmo começando o ano como titular, o equatoriano vem mostrando atuações irregulares e perdeu a titularidade para Érik. Em 2018, Cazares já fez 9 jogos e marcou dois gols. Sua melhor temporada a frente do Atlético foi em 2016, participando de 40 jogos e marcando 10 gols. O meia é a única novidade no time titular.

Carlos é outra baixa no elenco atleticano. O atacante vem sendo a principal opção para a reserva de Ricardo Oliveira e esteve no banco contra o Cruzeiro. Carlos desfalcou o treino desta quarta-feira, se queixando de dores no joelho esquerdo. Na manhã desta quinta-feira, o atacante passou por exames e espera o resultado para diagnosticar suas condições. O jovem de 18 anos, Alerrandro, ganha oportunidade entre os relacionados.

O Atlético enfrenta um Uberlândia que não vive um grande momento, mesmo vindo de uma vitória sobre o Patrocinense, por a 1 a 0, na última rodada. O clube amarga a lanterna do campeonato, com nove pontos. Nos últimos cinco jogos, foram quatro derrotas e apenas uma vitória.

Com esse cenário, o técnico Thiago Larghi tem uma boa oportunidade de rebater as críticas que seu time vem sofrendo, principalmente em seu setor ofensivo. O Atlético vem demonstrando dificuldade de propor o jogo contra times que jogam mais defensivamente. O Galo vai enfrentar um time fragilizado que, provavelmente, vai jogar do mesmo jeito que seus últimos adversários.

A expectativa é que o time apresente uma evolução que refute as críticas feitas sobre o sistema ofensivo. O time perde a técnica de Otero, mas tem Cazares um substituto de qualidade, que não compromete a mobilidade e a velocidade do ataque, composto também por Érik e Roger Guedes.

Uma derrota contra o Uberlândia, depois do revés contra o principal rival, pode criar uma clima de desconfiança e de instabilidade para o treinador, além de uma cobrança maior sobre seus atletas. Com isso, a vitória representa muito mais que a garantia da terceira colocação, garantindo também uma tranquilidade maior para a sequência do trabalho.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

RECEBA NOTÍCIAS DO ATLÉTICO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!