Rômulo se vê pronto para novos desafios após evolução na base do Flu

(Foto: Lucas Merçon/Fluminense F.C.)

Poucos jogadores do futebol brasileiro alcançam a idade profissional com experiência no exterior como o volante Rômulo, do Fluminense. Prestes a completar 20 anos, o atleta atuou por cinco meses pelo STK Fluminense Samorim, na Eslováquia. No Velho Continente, diversas experiências no futebol que contribuíram com o amadurecimento profissional, além do pessoal.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Rômulo foi um dos primeiros jogadores do Fluminense a ter oportunidades no projeto do clube na Europa, o que ocorreu em 2016. Antes disso, já tinha agregado ao seu futebol a liderança, pois foi capitão do Tricolor em algumas oportunidades, e desfrutado das competições grandes que a equipe costuma disputar nas categorias de base. A formação até a chegada aos 20 anos foi alvo de elogios.

QUER SABER MAIS SOBRE O FLUMINENSE? CLIQUE AQUI.

- Sou muito grato ao Fluminense por todo o aprendizado. Foram seis anos, muitas coisas importantes que aprendi. Cheguei uma criança e hoje sou um homem feito, dentro e fora das quatro linhas. Na Europa aprendi muita coisa também. Melhorei minha dinâmica de jogo, o jeito de pensar, pois é um futebol mais pegado, mais comprometido na parte tática e com muita intensidade. Isso me ajudou demais - comentou o volante do Fluminense.



A experiência na Europa abriu horizontes para Rômulo. O volante teve seu amadurecimento tático, aprimoramento técnico e viu seu futebol chegar perto de suas referências. Defensivo, como quase todos de sua posição, também tem as subidas ao ataque como característica, algo presente no estilo de jogo do seu grande ídolo. Tal fator alimenta ainda mais o desejo de voltar ao continente europeu.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

- Todos os jogadores sonham com o futebol europeu e no meu caso não é diferente. Lá meu grande ídolo é o Iniesta. É uma referência pra mim, pois atuo tanto na criação como segundo volante. Gosto de sair jogando, tenho também facilidade nos lances de bola parada. Mas é claro que a gente fala em Europa, mas não pode esquecer o futebol brasileiro. Aqui também podem surgir possibilidades interessantes. Tenho contrato em vigor, mantenho meu foco, mas ao mesmo tempo tenho ciência que as pessoas responsáveis estão tomando conta do meu futuro - analisou.



O contrato de Rômulo com o Fluminense, clube que defendeu nos últimos anos, vai até dezembro de 2018. O volante completa 20 anos ainda no mês de março e a partir do próximo ano entrará em campo como profissional. No currículo, experiências internacionais pelo próprio Fluminense e a passagem pelo futebol europeu, que o ajudou em sua evolução profissional e pessoal.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!



RECEBA NOTÍCIAS DO FLUMINENSE DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!