Reunião com Barcelona pode render pagamento de R$ 18 milhões ao Santos

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)

O presidente do Santos, José Carlos Peres, se reuniu com representantes do Barcelona (ESP) na última semana, em um hotel em São Paulo, para cobrar cerca de R$ 18 milhões como compensação pelo amistoso não realizado e previsto em contrato assinado na saída de Neymar para o clube espanhol, em 2013.

O acordo previa a disputa de dois jogos, um na Espanha e outro no Brasil. O primeiro foi realizado (8 a 0 em agosto de 2013, no Camp Nou) e o segundo deveria ocorrer durante a passagem do atacante, hoje no PSG, na equipe catalã.

QUER SABER MAIS SOBRE O SANTOS? CLIQUE AQUI.

Como Neymar acabou negociado e o amistoso não foi realizado, o Santos cobra a multa de 4,5 milhões de euros e agora aguarda pelo pagamento. O Peixe vive situação financeira delicada e o dinheiro cairia em boa hora. O ex-presidente Modesto Roma enviou uma carta solicitando a quantia no ano passado, mas não foi atendido.

O problema é que o Barcelona quer que o Santos retire a ação movida contra o clube espanhol pela compra de Neymar para fazer a transferência. A medida foi tomada por Modesto em 2015. O clube catalão alega que, como o contrato do jogador acabou, a multa é questionável.

As conversas serão mantidas e o Peixe não está disposto a encerrar a ação judicial contra o Barcelona, mas é possível que o processo versus Neymar seja retirado. O alvinegro pretende se reaproximar do craque.

Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports

RECEBA NOTÍCIAS DO SANTOS DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!