M. Guilherme minimiza tabu no Allianz: 'O Palmeiras também não ganha há muito tempo no Morumbi'

(Foto: Rubens Chiri/ São Paulo FC)

Palmeiras e São Paulo se enfrentam nesta quinta-feira (08), às 20h30 (de Brasília), pelo Campeonato Paulista. Além do adversário, o Tricolor vai ter um outro desafio: o Allianz Parque. No estádio rival, são cinco jogos, todos com vitória palmeirense.

Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App Store

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Titular absoluto desde que chegou ao Tricolor, o atacante Marcos Guilherme falou sobre o assunto. Ao GloboEsporte, o jogador falou que o tabu pesa por conta do torcedor, mas lembrou que o Palmeiras também tem problemas para jogar no Morumbi (não vence há 16 anos).

QUER SABER MAIS SOBRE O SÃO PAULO? CLIQUE AQUI.

"Pesa porque o torcedor quer vencer. Não aguenta mais jogar lá e perder. Tem esse tabu, mas foi feito para ser quebrado. Assim como não ganhamos lá o Palmeiras também não ganha há muito tempo no Morumbi. Existem esses tabus. Então vamos muito fortes. Se vencer, garantimos a classificação para a próxima fase, algo importantíssimo para nós. É estar concentrado, deixar de lado o que passou e focar no jogo".



Mesmo não jogando tão bem nas últimas partidas, como o próprio atleta admitiu, Marcos Guilherme fugiu do discurso comum e afirmou que um clássico realmente é diferente. O jogador já marcou contra o Santos e o próprio Palmeiras.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

"É diferente. Se falar que não e usar aquele discurso de todo jogo vou estar mentindo (risos). É realmente diferente. É outra atmosfera. O torcedor fica apreensivo. A gente consegue sentir isso. É outro clima no estádio, e a rivalidade dentro de campo é grande. Mexe conosco. Deixa mais ansioso do que nos outros. É o jogo que todos querem jogar. É um divisor de águas, para o bem e para o mal: se faz um gol, é ídolo, e se errar uma bola crucial, é crucificado. Mexe comigo, ainda mais porque nasci em São Paulo e acompanhei muitos clássicos. Sempre sonhei em jogar. Quando entro em campo, isso vem à mente. Dou o melhor para pôr o meu nome na história."



Conteúdo publicado originalmente no site Esporte Interativo

RECEBA NOTÍCIAS DO SÃO PAULO DIRETO NO SEU MESSENGER. NÃO PERCA TEMPO! É DE GRAÇA!