Publicada em 08/02/2018, às 18:20

Tudo certo: Giovanni Augusto chega na segunda-feira para assinar com o Vasco

Jogador passa por exames antes de assinar contrato de um ano com o clube de São Januário

Giovanni Augusto vai defender o Vasco (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Vasco direto no seu Messenger.

Está confirmado o 12º reforço cruz-maltino para a temporada. O Vasco fechou com o Corinthians o empréstimo do meia-atacante Giovanni Augusto.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





O atleta de 28 anos chega ao Rio de Janeiro na segunda-feira, quando passará por exames antes de assinar contrato que vence em dezembro.

O Corinthians pagará a parte maior do salário de Giovanni, que gira em torno de R$ 350 mil. Caberá ao Vasco o restante dos vencimentos.

Giovanni Augusto tem 28 anos e começou a carreira no Atlético-MG. Ele estava no Corinthians desde 2016, mas não foi inscrito no Campeonato Paulista e não figurava nos planos do técnico Fabio Carille.

Ele chega para atender a um pedido do técnico Zé Ricardo, que buscava um jogador capaz de atuar centralizado e pelas pontas.

Via nota oficial, o Corinthians confirmou o acerto. Confira abaixo:

"O Sport Club Corinthians Paulista e o Clube de Regatas Vasco da Gama chegaram a um acordo para o empréstimo do meia Giovanni Augusto, nesta quinta-feira (08).

O vinculo será até o final da temporada de 2018. O jogador já está liberado para realizar os exames médicos em sua nova equipe.

Giovanni com a camisa do Corinthians disputou 78 jogos e anotou 7 gols".


Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 23/02/2018, às 13:47

Zé Ricardo recebe proposta tentadora do Al-Ahli e pode deixar o Vasco

CLIQUE AQUI e receba notícias do Vasco direto no seu Messenger.

O técnico Zé Ricardo pode deixar o Vasco. O comandante recebeu uma proposta tentadora do Al-Ahli, dos Emirados Árabes, e terá uma conversa definitiva com a diretoria. Os valores estão muito acima do que o Cruzmaltino pode pagar.



O contrato seria de R$ 23 milhões por três anos. No Vasco, o treinador recebe salário de cerca de R$ 170 mil, consideravelmente inferior ao que foi oferecido pelo Ah-Ahli.

A conversa é para um aumento salarial e ampliação do vínculo até dezembro de 2019. Zé Ricardo, desta forma, passaria a receber vencimentos na casa de R$ 250 mil, ainda bem abaixo do que os árabes acenam.

O Vasco mostrará ao profissional a sua importância no processo de reestruturação do futebol do clube e afirmará que a continuidade em São Januário é fundamental para o projeto idealizado pela nova direção.



Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte