Publicada em 08/02/2018, às 22:35

São Paulo posterga negociação para voltar a contar com Luis Fabiano

Luis Fabiano também parece preocupado exclusivamente com a cura do seu joelho direito, que já havia submetido a outra intervenção cirúrgica, para corrigir um problema no menisco

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, não tem pressa para negociar mais um retorno do atacante Luis Fabiano ao São Paulo. O jogador de 37 anos acertou a rescisão do contrato que mantinha com o Vasco, com validade até o final do ano, nesta quinta-feira e utiliza as dependências do CT da Barra Funda para se recuperar de uma cirurgia no joelho direito.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





“O Luis Fabiano é uma hipótese que não estamos considerando imediatamente”, comentou Leco, após participar de um evento na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF). “Ele está conosco todos os dias, fazendo tratamento, mas ainda tem três meses de reabilitação pela frente. Nesse período, ocorrerá a Copa do Mundo. Então, é um assunto para mais à frente”, acrescentou.

Luis Fabiano também parece preocupado exclusivamente com a cura do seu joelho direito, que já havia submetido a outra intervenção cirúrgica, para corrigir um problema no menisco, em agosto do ano passado. Com salários atrasados, optou por sair amigavelmente do Vasco, que enfrenta problemas financeiros.

“Não seria justo com o clube e com o torcedor vascaíno, que precisaria esperar mais alguns meses pela minha recuperação em um momento tão importante, em meio à Libertadores e ao Campeonato Carioca. Agradeço imensamente à diretoria pela compreensão da minha situação e ao torcedor pelo carinho que dedicou a mim desde a minha chegada. Tenham certeza de que, apesar de a passagem ter sido mais curta do que eu desejava, o Vasco estará sempre no meu coração”, despediu-se Luis Fabiano, em comunicado.

Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports

Publicada em 24/02/2018, às 14:41

Pior do século: São Paulo não inicia ano com tantas derrotas desde 2000

Analisando os dez primeiros jogos oficiais de cada temporada do Tricolor paulista, a equipe do técnico Dorival Júnior é quem mais perdeu, sendo vencida em quatro partidas até agora

(Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

Neste ano, Dorival Júnior alcançou quatro vitórias consecutivas, uma sequência que não ocorria no São Paulo desde março de 2015. Mas o pressionado treinador ostenta uma marca negativa: neste século, nunca o clube teve tantas derrotas (quatro) em suas dez primeiras partidas oficiais como em 2018.



A última vez que o time perdeu em 40% dos dez jogos iniciais em cada temporada ocorreu em 2000, sob o comando de Levir Culpi. Mas, há 18 anos, o desempenho era melhor: a equipe, ao menos, conseguiu seis vitórias, com um aproveitamento de 60% dos pontos que disputou - e foi campeão paulista.

Dorival acumula neste ano 53,3% de aproveitamento, com quatro derrotas, um empate e cinco triunfos. Neste século, só uma vez o time somou menos pontos em seus dez primeiros jogos: em 2014, sob o comando de Muricy Ramalho, com 50% de aproveitamento jogando apenas o Paulista, mas, ao menos, o time teve quatro vitórias, três empates e três derrotas, menos do que a sequência atual - e terminou o ano com o vice-campeonato brasileiro.

O mau início de 2018 ainda não trouxe grande prejuízo. Duas vitórias ocorreram na Copa do Brasil, na qual o Tricolor está na terceira fase. No Campeonato Paulista, apesar de só três triunfos, um empate e quatro derrotas, sendo o terceiro clube que mais perdeu no torneio, o São Paulo lidera o Grupo B, com dez pontos, superando a Ponte Preta, também com dez pontos, no número de vitórias (três contra dois), critério de desempate.



Com marcas negativas, e vindo de duas derrotas seguidas (para Santos e Ituano, pelo Paulista), Dorival Júnior foi cobrado pela diretoria em reunião nessa quinta-feira, mas ganhou mais um voto de confiança. Neste domingo, às 17h, recebe a Ferroviária, no Morumbi, com promessa de novos protestos por parte da Independente, principal organizada do clube.

Confira abaixo a tabela com o desempenho do São Paulo em suas dez primeiras partidas oficiais nas últimas 19 temporadas:



Conteúdo publicado originalmente no site Lance!