Publicada em 07/02/2018, às 11:56

Felipe Conceição lamenta eliminação precoce do Botafogo: "Decepção é grande"

Abatido, técnico analisa derrota por 2 a 1 para a Aparecidense que tirou o Alvinegro da Copa do Brasil, defende estratégia adotada e pede chave virada para enfrentar o Flamengo na semifinal da Taça GB

CLIQUE AQUI e receba notícias do Botafogo direto no seu Messenger.

O abatimento foi geral no vestiário visitante do Estádio Aníbal Toledo, no fim da noite desta terça-feira. Após o Botafogo perder de virada por 2 a 1 para a Aparecidense e ser eliminado na primeira fase da Copa do Brasil de 2018, nenhum jogador deu entrevistas, e Felipe Conceição demorou bastante até aparecer para a coletiva. O técnico admitiu a decepção com o resultado, mas defendeu a estratégia adotada e pediu para virar a chave para enfrentar o Flamengo no Carioca:

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





- A decepção é grande, a gente não queria ser eliminado na primeira fase. Lutamos, batalhamos, escolhemos a melhor estratégia para o tipo de jogo, para a competição, o regulamento... Infelizmente não conseguimos. A gente vai ter que buscar força agora, virar a chave para sábado estar forte contra o Flamengo. Temos que ser fortes, juntos vamos buscar a reação sábado.

Se na Copa do Brasil o Botafogo tinha a vantagem do empate para se classificar, contra o Flamengo sábado, só a vitória lhe dará a vaga na final da Taça Guanabara. O Alvinegro entrará pressionado para o clássico, que será no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, às 16h30 (de Brasília).

Confira outros tópicos da coletiva:
ANÁLISE
A gente fez um bom primeiro tempo, criamos mais chances mesmo não tendo o controle da posse. Era uma estratégia de jogo sair no contra-ataque, conseguimos criar algumas chances. Já no segundo tempo menos, a Aparecidense foi forte, lutou até o final e conseguiu o gol da vitória.

EXPULSÃO DE PIMPÃO
Ele disse que não xingou, árbitro disse que expulsou pelo xingamento. Então é a palavra do árbitro contra a do Pimpão. Eu estava perto, mas não ouvi. É decisão da arbitragem, a gente evita falar, não vou colocar a derrota por causa da arbitragem. Acho que a gente tem que ser firme e forte suficiente para assumir as coisas que acertamos e erramos. E buscar melhorar, que traga lições.

QUEDA NO 2º TEMPO
Tomamos um gol no início, desequilibrou um pouquinho. A questão do regulamento, de se tomar mais um gol poder ser eliminado, mexeu um pouco. Depois equilibramos novamente, a Aparecidense parou de ter chances. Mas no final, após a expulsão, voltou a ter chances e acabou fazendo o gol da vitória.

TEME DEMISSÃO?
Não temo pelo meu trabalho. Penso em tirar lição, que o grupo cresça e que a gente consiga reverter essa situação já sábado.

RESULTADO AFETA CLÁSSICO?
Depende da gente, temos que usar isso como mola para impulsionar reação, e não ficar na tristeza, no sabor da derrota até sábado. Temos que reverter isso, sermos fortes, isso pode fortalecer o grupo desde que a gente reaja.

APARECIDENSE
Não me surpreendeu, já tinha observado a Aparecidense, sabia da competitividade que tinha a equipe, da qualidade que tinha, do trabalho a longo prazo. Mas viemos preparados para isso, respeitando a Aparecidense, estudamos, mas infelizmente não conseguimos sair daqui com a classificação.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 23/02/2018, às 18:14

Botafogo negocia empréstimo do volante Marcelo, ex-Vitória

Glorioso tenta empréstimo do meio-campista, vinculado ao Maccabi Tel-Aviv, para até o fim desta temporada. Ele já trabalhou com Anderson Barros no clube baiano

Marcelo está na mira do Botafogo para reforçar o meio-campo do time (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Vitória)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Botafogo direto no seu Messenger.

Mais um jogador deve estar a caminho do Botafogo. O volante Marcelo, ex-Vitória, pode desembarcar no Rio por empréstimo até o fim deste ano. Atualmente ele defende o Maccabi Tel-Aviv, de Israel.



A informação foi publicada originalmente pela Rádio Tupi, e confirmada pelo LANCE!. O atleta, de 23 anos, trabalhou com o gerente de futebol do Glorioso, Anderson Barros, na época em que os dois estavam no clube baiano.

Ainda há valores em discussão para o negócio ser sacramentado. No Alvinegro, Marcelo disputaria posição com Rodrigo Lindoso, Dudu Cearense, Bochecha e Matheus Fernandes, atualmente lesionado.

Já foram contratados para esta temporada Moisés, Renatinho, Luiz Fernando, Kieza, Leandro Carvalho.



Conteúdo publicado originalmente no site Lance!