Publicada em 06/02/2018, às 12:36

Substituto de Ferraz, Guedes despista sobre titularidade no Santos

Victor Ferraz luxação no ombro direito, desfalca o Peixe e não tem previsão de retorno. Daniel entrou contra o Palmeiras e deu assistência para Renato

Daniel Guedes foi titular no clássico contra o Palmeiras (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Santos direto no seu Messenger.

Sem Victor Ferraz, com luxação no ombro direito, o técnico Jair Ventura optou por Daniel Guedes no Santos, na derrota por 1 a 0 contra o Palmeiras. Substituto do camisa 4, o lateral-direito foi dono de uma assistência para Renato marcar contra o rival. Apesar da oportunidade, o jovem de 23 anos diz não saber se terá sequência de jogos.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





- Professor tem opções dele, eu trabalho no dia a dia, sempre faço o melhor e treino da melhor maneira. Nem a mais nem a menos que ninguém. Treino forte para estar preparado. Entre eu e Ferraz, quem ele escolher, estaremos bem servidos - disse.

Ferraz jogou os minutos finais do empate por 1 a 1 contra o Ituano com o ombro imobilizado e não tem previsão de retorno. Ao saber que o companheiro de posição não estaria no clássico, Guedes reforçou a preparação física e o trabalho de marcação.

- Procurei trabalhar muito fisicamente, fiz tudo que eu poderia fazer para melhorar, marcação, parte física, trabalhos específicos... Fiquei sabendo que jogaria pela lesão do Ferraz, me preparei mais ainda. Sabia que a oportunidade viria. Fiz tudo que eu poderia fazer e fiz uma grande partida. Isso é o mais importante - concluiu.

Além do camisa 4, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe, Cleber e Yuri, também estão fora do jogo contra a Ferroviária, no domingo, por lesão. Bruno Henrique se recupera de um trauma no olho direito. Gustavo Henrique está em transição de campo e deve ficar à disposição do treinador nos próximos jogos. Alison e Copete estão suspensos pelo terceiro amarelo.

Na temporada passada, Daniel entrou em 18 jogos, deu duas assistências e anotou um gol. Revelado na base do Peixe, foi promovido em 2014.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

Publicada em 23/02/2018, às 14:16

Santos economiza R$ 2 milhões com “choque de gestão”, diz presidente

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Santos direto no seu Messenger.

O presidente José Carlos Peres afirma que o Santos economiza R$ 2 milhões por mês com o choque de gestão implantado nas primeiras semanas de gestão, iniciada oficialmente em janeiro.



“Estamos com dois milhões de reais de economia por mês. Estamos reorganizando o clube através de uma empresa (de auditoria). Ela estará capacitando todos os funcionários no Santos. A última gestão teve balanços reprovados. Houve uma mudança no clube, sejam boas ou não as formas que somos obrigados a trabalhar, poderemos propor alguma mudança no estatuto no futuro. Não vão ter coisas ruins no clube. Pretendemos ter boas notícias. Vamos caminhar o clube à dívida zero. Não vamos fugir de nossa política”, disse o presidente, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, na Vila Belmiro.

Peres assume as negociações do Santos após a demissão do executivo de futebol Gustavo Vieira. É ele quem comandará as tratativas por reforços.

“Eu estou dando sequência. Ele (Gustavo) me passou o que estava fazendo e estamos trabalhando nesse sentido. Não terceirizamos. O novo diretor deve chegar, mas não temos pressa. Falei com Jair e William (Machado), a conversa foi produtiva, e passei sobre a tranquilidade do clube. Não houve barulho, isso é maturidade. Seguimos dessa forma, sem pressa. Estarei próximo do futebol nesse período, trabalhando com eles e vamos atrás de reforços”, explicou Peres.



O gerente William Machado fica à frente do departamento de futebol por enquanto. O Santos tem interesse no retorno de Sergio Dimas, hoje diretor do Red Bull Brasil.

Conteúdo publicado originalmente no site Gazeta Esportiva