Publicada em 05/02/2018, às 12:02

Mal no Carioca e em crise política, Flu se depara com momento de reflexão

Tricolor das Laranjeiras foi eliminado precocemente da Taça Guanabara e não vem bem

(Foto: Divulgação)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Fluminense direto no seu Messenger.

Fora da semifinal da Taça Guanabara e mergulhado numa grave crise política, o Fluminense vive um momento delicado. Com um período de 11 dias sem jogos, jogadores, dirigentes e comissão técnica terão um bom tempo para uma reflexão. Afinal, o que está acontecendo de errado? A temporada apenas começou, mas é bom abrir o olho.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Sincero, o técnico Abel Braga vem adotando esperança em suas entrevistas coletivas. No entanto, ao mesmo tempo, o treinador faz questão de deixar claro que a situação não é fácil, tendo em vista os vários problemas. Ele perdeu jogadores importantes recentemente, como o atacante Henrique Dourado, o zagueiro Henrique e o goleiro Diego Cavalieri.

- A minha esperança é a dedicação desses jogadores. O negócio está muito mais difícil do que quando terminou ano passado. Agora é um projeto de doação - avaliou Abel após a vitória de 1 a 0 sobre o Macaé, no último sábado.

O Fluminense deve voltar a campo apenas no dia 14 de fevereiro, pela Copa do Brasil. A data ainda não foi confirmada, mas o duelo contra o Salgueiro, pela segunda fase da competição nacional, tem tudo para acontecer na Quarta-Feira de Cinzas.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!

Publicada em 23/02/2018, às 18:22

Fluminense e Diego Cavalieri chegam a acordo por rescisão; goleiro negocia com clube inglês

Fora dos planos do Tricolor desde o fim da última temporada, arqueiro entrou na justiça contra o clube buscando rescindir o contrato, assim como Scarpa e Henrique. Nesta sexta-feira (23), as partes chegaram a um acerto

(Foto: FOX Sports)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Fluminense direto no seu Messenger.

O Fluminense anunciou na tarde desta sexta-feira (23 de fevereiro) que entrou em acordo com o goleiro Diego Cavalieri, que teve a rescisão de contrato com o clube publicada no Boletim Informativo Diário da CBF, o BID.



Dispensado de forma conturbada pelo Tricolor no fim de 2017, o arqueiro seguiu o caminho do zagueiro Henrique e do meia Gustavo Scarpa e pediu rescisão na Justiça Trabalhista, alegando atrasos de pagamento. Desde então, Diego e Fluminense iniciaram uma negociação para que o caso fosse resolvido de forma mais amistosa.

O jogador negocia com o Crystal Palace, da Inglaterra, e precisava da liberação do clube carioca. Os valores do acerto não foram divulgados pelo Tricolor das Laranjeiras.

Na publicação, o Fluminense aproveitou para agradecer os serviços prestados pelo goleiro: "O clube deseja sorte ao jogador que sempre honrou com profissionalismo as três cores que traduzem tradição em seu próximo passo na carreira".



Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports