Publicada em 05/02/2018, às 13:06

Mais um à disposição: com Scarpa, cresce disputa no ataque Palmeiras

Verdão tem grande concorrência no setor ofensivo: são nove jogadores para quatro vagas

Gustavo Scarpa estreia pelo Palmeiras entrando no lugar de Lucas Lima (Foto: Cesar Greco/ Agência Palmeiras/ Divulgação)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Palmeiras direto no seu Messenger.

Roger Machado terá, a partir de agora, aquilo que os treinadores de futebol gostam de classificar como uma "boa dor de cabeça". Depois da estreia de Gustavo Scarpa, o Palmeiras tem ainda mais opções para o sistema ofensivo. São nove no total à disposição do treinador para "apenas" quatro vagas.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Além de Lucas Lima, Dudu, Willian e Borja, que vêm tendo sequência na equipe titular no começo do ano, Roger conta com Keno, Guerra, Moisés e Artur, além de Scarpa. Isso sem considerar Michel Bastos, que foi aproveitado na lateral, Hyoran, que não foi inscrito no Paulistão, e Deyverson, que está no departamento médico.

Último a estrear, Scarpa comemorou a vitória palmeirense sobre o Santos e destacou o bom ambiente no clube e a disputa por vaga.

- É um elenco recheado de grandes jogadores, um ambiente muito bom de se trabalhar, todos se respeitam. A disputa por posição é extremamente válida, a concorrência te motiva a cada dia fazer o melhor, não te permite acomodar. A concorrência é muito grande. Fico feliz de trabalhar com grandes jogadores e grandes profissionais. Espero que consiga aprender bastante com eles no tempo que ficar aqui - afirmou.

Quem também brincou com a concorrência foi Lucas Lima, que jogou a responsabilidade para o técnico Roger Machado. Scarpa, por exemplo, falou não escolhe posição no Verdão.

- Aí é com o professor. Estou feliz. Desde que cheguei, estou em uma sequência boa, em uma posição diferente da que sempre fiz, no Santos principalmente, mas estou me sentindo bem. Sabendo que a concorrência é grande, e quem entrar vai dar conta do recado. Mas é um grupo e, no final, todos vencem - disse Lucas Lima.

- É dentro do campo (a posição) que mais gosto. Já deixei claro ao Roger que não tenho preferência por posição. Estou à disposição do Palmeiras e do professor. O que eles acharem melhor para mim, vou cumprir - completou Gustavo Scarpa.

O Palmeiras folga nesta segunda-feira e volta aos treinamentos na manhã de terça, na Academia de Futebol. Na próxima rodada, o Verdão enfrenta o Mirassol, no sábado, no interior.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 22/02/2018, às 18:51

Menos de 4 meses depois, Verdão volta a Itaquera com só 3 titulares iguais

Último encontro entre os rivais, em novembro do ano passado, acabou com as esperanças de título brasileiro para o Verdão, que volta a Itaquera com diversas mudanças

CLIQUE AQUI e receba notícias do Palmeiras direto no seu Messenger.

O Palmeiras contratou menos do que em anos anteriores (seis jogadores) e considera ter feito alterações pontuais em seu elenco para esta temporada, mas o time que enfrentará o Corinthians às 17h de sábado, em Itaquera, será bem diferente daquele que perdeu por 3 a 2 para o rival, no mesmo local, em 5 de novembro do ano passado. Foi o jogo que acabou com as esperanças de título brasileiro para o Verdão, à época comandado por Alberto Valentim. Apenas três titulares daquele dia devem começar jogando. Veja abaixo.



FERNANDO PRASS foi o goleiro titular do Palmeiras na derrota do ano passado. Sábado ele estará no banco de reservas.

JAILSON será o goleiro titular no sábado. Ele estava no banco no último Dérbi em Itaquera.

MAYKE foi o lateral-direito titular do Palmeiras no jogo do ano passado. Sábado ele estará no banco de reservas.



MARCOS ROCHA será o titular da lateral direita no sábado. Ele defendia o Atlético-MH até o ano passado.

EDU DRACENA E MINA formaram a dupla de zagueiros no último Dérbi - o colombiano, inclusive, ,marcou um gol. Dracena, que fez uma pré-temporada maior que a dos colegas, tem chance de ficar no banco pela primeira vez em 2018. Mina agora é jogador do Barcelona.

ANTÔNIO CARLOS E THIAGO MARTINS formarão a dupla de zaga no sábado. Antônio estava no clube, mas não ficou nem no banco no último Dérbi. Thiago Martins estava emprestado ao Bahia.

EGÍDIO foi o lateral-esquerdo titular do Palmeiras no Dérbi pelo segundo turno do Brasileirão de 2017. Muito criticado pela torcida, ele não teve o contrato renovado e foi para o Cruzeiro.

MICHEL BASTOS deve ser o titular da lateral esquerda no sábado. Ele estava no clube, mas não ficou nem no banco no Dérbi de 2017 por estar em recuperação de lesão.

BRUNO HENRIQUE foi titular no meio de campo do Palmeiras no jogo do ano passado. Ele é reserva com Roger Machado.

FELIPE MELO será titular no sábado. Ele ficou no banco no Dérbi de 2017.

TCHÊ TCHÊ foi titular no último Dérbi e deve ser titular novamente no sábado. É um dos três remanescentes.

MOISÉS foi titular do meio de campo do Palmeiras no Dérbi de 2017 e marcou um dos gols do Palmeiras. Ele tem chance de ficar no banco no jogo de sábado. Assim como a de Dracena, sua pré-temporada foi maior que a dos demais.

LUCAS LIMA será titular no sábado. No ano passado, ele defendia o Santos.

KENO foi titular no ataque do Verdão no jogo de 2017. Sábado ele deve estar entre os reservas.

WILLIAN deve ser titular no sábado. Ele não participou do jogo do ano passado por estar em recuperação de lesão.

DUDU foi titular no jogo de 2017 e segue na equipe. É outro remanescente.

BORJA é o terceiro e último remanescente daquele clássico. Foi titular em 2017 e, se não voltar a sentir o joelho, será titular no sábado.

ALBERTO VALENTIM dirigiu o Palmeiras naquele Dérbi. Agora ele é o técnico do Botafogo.

ROGER MACHADO dirigirá o Palmeiras em Itaquera pela primeira vez.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!