Publicada em 05/02/2018, às 16:39

Dourado reclama de falta em lance que originou gol do Brasil-Pel "Não quis apitar"

Volante diz que expulsão de Ruan no 1º tempo foi determinante para revés no Bento Freitas

Dourado reclama de falta em lance que originou o gol do Brasil-Pel (Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Internacional direto no seu Messenger.

O Inter viveu uma tarde de atuação abaixo da média na derrota por 1 a 0 para o Brasil de Pelotas, no último, no Bento Freitas, pela 5ª rodada do Gauchão. Ainda assim, Rodrigo Dourado deixou sua cidade natal com motivos a reclamar da arbitragem de Daniel Bins. Em entrevista após a partida, o volante reividicou uma falta sofrida na origem do lance do gol do Xavante.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





De acordo com o capitão colorado no revés, o árbitro chegou a levar o apito à boca para assinalar a infração, mas mandou o jogo seguir. A jogada ocorreu aos 40 do primeiro tempo. Dourado recebeu a bola no meio-campeo e tentou o giro, quando sofreu carga de Itaqui e acabou desarmado. Na sequência, Deyvid Sacconi chutou da entrada da área. Toty tentou dominar, mas a bola sobrou para Itaqui chutar de primeira e vencer Marcelo Lomba.

Não parou por aí. Em sua fala, o volante também afirmou que a expulsão de Ruan, aos 33 do primeiro tempo, também foi determinante para o revés no Bento Freitas.

– Dois lances nos prejudicaram. A expulsão do Ruan. Na hora do gol, recebi a falta também. Ele estava com apito na boca e não quis apitar. Até a expulsão, o jogo estava controlado. Acho que lutamos até o final e quase conseguimos o gol de empate – afirma o jogador.

O volante ainda disse que o gramado não "ajudou" o Inter a desenvolver seu jogo, com a saída de bola pelo chão, para buscar ao menos o empate. Segundo o atleta, o Colorado procurou explorar os lados para fugir do meio-campo congestionado pelo Brasil-Pel.

– Acho que vocês estão vendo nossa melhora. Claro que foi um jogo diferente, brigado. Muito lançamento, era um jogo assim. A gente está tentando, principalmente em jogos em casa. Não é só cruzamento. A gente tentou explorar os lados, eles estavam com muita gente no meio de campo. Quando a gente joga fora de casa, o campo nao nos ajuda a fazer nosso futebol. A gente tenta sair jogando, fazer bons jogos para a torcida. Estamos tentando melhorar a cada dia – ressalta o volante.

Após o revés com seu time reserva, o Inter retoma os treinos esta segunda-feira, no CT do Parque Gigante. O Colorado volta a campo na próxima quinta-feira, às 20h, quando recebe o São José-RS no Beira-Rio em jogo antecipado da 10ª rodada do Campeonato Gaúcho. A equipe ocupa a 4ª colocação na tabela, com 9 pontos.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 23/02/2018, às 18:36

Inter vai com reservas e Wellington Silva como atração contra o São Luiz

(Foto: Ricardo Duarte / Inter, DVG)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Internacional direto no seu Messenger.

O Internacional usará time reserva na próxima rodada do Gauchão. Contra o São Luiz, no domingo, o time será suplente por conta do jogo contra o Cianorte, na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil. Wellington Silva será atração.



Recuperado de uma lesão no púbis, o ex-Fluminense começará como titular pela primeira vez. Até então ele apenas entrou durante as partidas. E pode ter chance na quarta, já que Nico López está suspenso por conta da expulsão diante do Remo.

A opção de usar reservas também leva em conta a longa viagem do Pará ao Rio Grande do Sul após o duelo da última quarta. Portanto, os titulares precisam de descanso.

O provável time do Internacional tem Marcelo Lomba (único titular); Ruan, Rodrigo Moledo, Thales e Uendel; Charles, Gabriel Dias, Juan Alano, Camilo e Wellington Silva; Roger.



Inter e São Luiz jogam no domingo às 17h (de Brasília) no estádio do Vale, em Novo Hamburgo.

Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte