Publicada em 05/02/2018, às 15:15

Borja explica adaptação ao Palmeiras: "Agora com professor Roger, eu me sinto melhor"

Atacante colombiano admite ter tido dificuldade para jogar no ano passado

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Palmeiras direto no seu Messenger.

O atacante Miguel Borja, do Palmeiras, participou do programa Seleção SporTV, na tarde desta segunda-feira, um dia após fazer um dos gols da vitória do Verdão sobre o Santos (2 a 1), na arena, domingo, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Ao lado do jornalista Mauro Naves na Academia de Futebol do Palmeiras, Borja admitiu que teve dificuldades de adaptação ao Brasil (ele tem 11 irmãos, que ficaram todos na Colômbia) e ao futebol brasileiro no ano passado. Ele foi contratado em janeiro de 2017 por R$ 33 milhões depois de brilhar no Atlético Nacional, de Medellín, mas foi muito criticado em seu primeiro ano no Palmeiras por ficar muito paradão na frente.

– Quando cheguei foi um pouco difícil, agora já sei que tem que estar nas costas do volante, tentando atrapalhar a jogada, foi isso o que eu mudei, agora é jogar mais simples, dar no máximo dois toques na bola. Eu gosto de sair da área, fazer passe, tabelar com volante, mas muitas vezes tenho que ficar na área porque esse é o meu forte – disse Borja.

– E se não tenho confiança do treinador, fica difícil. Agora com professor Roger, eu me sinto melhor – completou o colombiano.

Depois do jogo contra o Santos, o técnico Roger Machado fez elogios a Borja.

– Nesta semana, fui muito questionado em função disso, se ele merecia ou não permanecer em campo. A gente apostou na permanência dele, e ele fez um belo jogo coletivamente e definiu com um gol. Sem dúvida, isso gera confiança, otimismo. A tendência é de que entre mais leve, mais solto, e todo mundo ganha com isso. Fiquei fez com o gol do Miguel (Borja). Não foi à toa que todos os atletas foram abraçá-lo. Eles sabem do esforço que ele está fazendo para justificar o investimento na contratação dele – disse o treinador.

Conteúdo publicado originalmente no site Sportv

Publicada em 23/02/2018, às 18:23

Roger indica escalação do Palmeiras sem surpresas no Dérbi; veja o time

Técnico orientou um trabalho de bolas paradas com Michel Bastos na lateral esquerda, Willian e Borja no ataque. Gustavo Scarpa continua como opção para o decorrer do jogo

Roger corrige posicionamento durante treino na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Palmeiras direto no seu Messenger.

O Palmeiras está definido para o Dérbi de sábado sem surpresas. Nesta sexta-feira, Roger Machado comandou o último treino antes do clássico contra o Corinthians, em Itaquera, e confirmou a escalação. Michel Bastos será o lateral-esquerdo, enquanto Borja volta à equipe na vaga de Guerra.



A escalação no confronto da nona rodada do Campeonato Paulista terá: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Michel Bastos; Felipe Melo; Willian, Lucas Lima, Tchê Tchê e Dudu; Borja. Sem o goleiro, Roger selecionou os atletas de linha para treinar bolas paradas defensivas nesta tarde. Após este trabalho, houve uma atividade técnica, com titulares e reservas misturados.

Papagaio, atacante do sub-20, fez um trabalho físico à parte no gramado, assim como Diogo Barbosa, que está em transição entre a parte física e técnica. Edu Dracena e Moisés não serão relacionados para o Dérbi, mas participaram das atividades sem limitações.

Jean, Artur e Deyverson não vieram a campo, pois seguem em tratamento após cirurgias na parte interna.



Com 20 pontos depois de oito rodadas, o Verdão lidera o grupo C e é o líder da classificação geral, que tem influencia no mando de campo no mata-mata. A equipe de Roger Machado é a única invicta no Estadual - seis vitórias e dois empates.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!