Publicada em 02/02/2018, às 14:42

São Paulo avança e fica otimista para contratar Valdívia, emprestado ao Galo

Nos bastidores, Tricolor considera reforço como "muito provável"

Valdívia, emprestado ao Atlético-MG, está na mira do São Paulo (Foto: Bruno Cantini/ Atlético-MG)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

O interesse do São Paulo por Valdívia, jogador do Internacional emprestado ao Atlético-MG, avançou para uma negociação e está mais próximo de um desfecho positivo. Essa é a visão do Tricolor do Morumbi, otimista para fechar negócio por empréstimo.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





No São Paulo, há quem considere a contratação como iminente e "muito provável". A avaliação interna é de que se trata de um bom jogador e, caso seja confirmado, fechará o ciclo de reforços neste momento. Nos bastidores do Tricolor também se fala sobre Valdívia ser são-paulino de coração.

O Colorado descarta um retorno imediato do atleta, cedido ao Galo até maio. Valdívia também não está nos planos do Atlético-MG, que está disposto a negociá-lo. Diante da oportunidade de mercado, o São Paulo conversa e está mais perto de viabilizar a contratação.

Valdívia se encaixa no perfil desejado pelo técnico Dorival Júnior: rápido, pode atuar pelos lados do campo e dar velocidade ao time.

Embora o nome seja aprovado por dirigentes do São Paulo, há quem tenha dúvidas sobre a condição física de Valdívia. O diretor de futebol Alexandre Gallo falou sobre esse aspecto, em entrevista à "rádio Itatiaia". Ele ficou fora de treinos nos últimos dias.

– Valdívia é um caso que estamos estudando. Conversamos muito sobre isso, conversei com o Internacional, com o representante, com o próprio atleta. Ele tem um contrato encerrando em maio com a gente. É um atleta que precisa de uma condição melhor no aspecto físico. Faz dois anos que ele estava sem pré-temporada. Estamos dando uma continuidade na pré-temporada dele. Precisa desse trabalho de força, isso também atrapalhou muito o desempenho dele aqui. Estamos conversando com todas as partes para ver se equacionamos uma situação o mais rápido possível, para que ele também possa entender qual vai ser o caminho dele neste ano.

Valdívia está no Galo desde maio de 2017, quando foi emprestado pelo Internacional. No entanto, em quase um ano no clube alvinegro, ele não conseguiu emplacar uma boa sequência de atuações e vinha sendo criticado pela torcida. O atleta fez dois gols em 33 jogos.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 22/02/2018, às 19:24

Reunião 'de praxe' nesta quinta pode definir futuro de Dorival no São Paulo

Pressionado e com a cabeça pedida por torcedores, o técnico falará com dirigentes no CT, como é costume nos dias seguintes a jogos; tendência é de que a conversa seja por ajustes

Dorival Júnior terá conversa com o diretor executivo Raí nesta quinta-feira (Foto: Divulgação/SPFC)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

Cerca de 12 horas depois de a torcida receber o time com gritos pedindo, principalmente, a saída de Dorival Júnior, uma reunião que seria de praxe no CT da Barra Funda pode redefinir os rumos do São Paulo na temporada. O técnico conversará com a diretoria, como é rotina nos dias seguintes aos jogos, e o encontro deve ter tom mais duro do que costuma.



A derrota para o Ituano, nessa quarta-feira, foi a segunda seguida, e a quarta em oito rodadas do Campeonato Paulista. Ficou claro para a diretoria que a equipe, que chegou a vencer quatro seguidas recentemente, está longe de agradar e até de mostrar a evolução tão apontada pelo treinador. Esse ponto de vista deve ser reforçado por Raí, diretor executivo de futebol, e Ricardo Rocha, coordenador de futebol, nesta quinta.

Apesar da pressão vinda da torcida e também de conselheiros próximos ao presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, a tendência ainda não é de demissão de Dorival Júnior. Raí não pretende mostrar que cede aos protestos de torcedores e ainda acredita que uma mudança no comando neste momento pode não ser benéfica.

Dorival deve ser ouvido a respeito de seus planos para que a evolução que tanto enxerga seja vista dentro de campo. Ficou claro para os dirigentes que ele se sente em uma encruzilhada entre manter suas convicções táticas e usar os reforços trazidos pela diretoria. Por isso, é provável que ganhe uma espécie de último voto de confiança para colocar em campo os atletas que preferir, sem se sentir pressionado a escalar nomes que não pediu, como Nenê.



A reunião ocorrerá pouco antes da reapresentação do elenco, marcada para 15h30 desta quinta-feira. Já estava previsto e divulgado desde o começo da semana que a imprensa não terá acesso a esta atividade. Na programação divulgada pelo clube, os jornalistas poderão estar no CT só no treinamento da manhã desta sexta-feira.

Grande com pior campanha no Campeonato Paulista, sendo o terceiro clube que mais perdeu jogos no torneio, o São Paulo vem de derrotas para Santos e Ituano e enfrenta a Ferroviária, às 17h de domingo, no Morumbi. Na próxima semana, o clube ainda deve iniciar os duelos pela terceira fase da Copa do Brasil, jogando em casa contra o CRB, de Alagoas.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!