Publicada em 01/02/2018, às 15:13

Quesada detalha 'operação financeira' do Corinthians para tentar volta de Guerrero

Comentarista dos canais FOX Sports analisou durante o Expediente Futebol da última quarta-feira (31) o plano que o time paulista tem pensado para tentar o retorno do peruano

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)



Diante da iminência de acertar a contratação de Henrique Dourado, o Flamengo pode ficar sem uma peça importante no setor ofensivo. Segundo as informações reveladas pelo ex-jogador Neto, apresentador da TV Bandeirantes, e confirmada por Leandro Quesada, comentarista dos canais FOX Sports, o Corinthians trabalha nos bastidores para o retorno de Paolo Guerrero ao clube ainda em 2018. A informação foi levada ao ar durante o programa Expediente Futebol da última quarta-feira (31).

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





De acordo com o jornalista, a ideia do Corinthians é uma proposta de R$ 500 mil de luvas ao jogador, além de um salário também na casa dos R$ 500 mil, para acertar um contrato de uma temporada. O total dessa operação custaria R$ 6,5 milhões aos cofres do clube paulista, para contar novamente com o peruano no ataque. Ainda de acordo com Leandro Quesada, o Timão trabalha com a volta do jogador apenas como uma ideia embrionária, e considera a negociação como difícil.

Com contrato até agosto de 2018, o peruano estaria, em situação normal, livre para assinar um pré-acordo com qualquer outra equipe. O caso, no entanto, é que se vive no Flamengo a expectativa da decisão sobre o recurso apresentado por Guerrero à Corte Arbitral do Esporte (CAS) para anular sua punição por doping, para enfim poder negociar os termos para uma renovação contratual com o jogador, uma vontade já manifestada pelo presidente do Rubro-Negro, Eduardo Bandeira de Mello.

Por conta do tempo parado por doping, o Flamengo segue amparado na Lei Pelé para estender o vínculo com o peruano pelo período em que o atleta ficou afastado dos gramados, mas planeja uma negociação direta, sem utilizar essa cláusula. Anteriormente, os cariocas queriam um contrato de dois anos, mas agora a intenção é ter um prazo mais curto, até o fim desta temporada.

O peruano marcou 20 gols com a camisa do Flamengo em 2017: dez no Estadual, dois na Copa do Brasil, seis no Brasileirão e dois da Conmebol Libertadores.



Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports

Publicada em , às