Publicada em 01/02/2018, às 16:34

Pascoal: São Paulo procurou atacante de gigante europeu para 'ser solução' em 2018

Sem acerto com o jogador, a diretoria do Morumbi voltou as atenções para Santiago Tréllez, que foi anunciado como reforço do Tricolor no início desta semana

(Foto: Maurício Rummens/Foto Arena)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

Desde sua chegada ao cargo de executivo de futebol no São Paulo, Raí trabalha para reforçar o time do Tricolor em 2018. Um dos nomes trabalhados pelo diretor foi Eder, brasileiro naturalizado italiano que defende a Inter de Milão, segundo revelou nesta quinta-feira (1º) Osvaldo Pascoal, comentarista dos canais FOX Sports, durante o programa FOX Sports Rádio. O atacante de 31 anos tem sido pouco utilizado nesta temporada pelo técnico Luciano Spalletti.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Mesmo com o interesse, as informações coletadas pela diretoria deixaram um acerto distante. A ideia do São Paulo era contar com o atacante por empréstimo, com parte dos salários pagos pela própria Inter de Milão, algo que foi descartado de prontidão pelos italianos. Ainda segundo revelou Osvaldo Pascoal, os salários do jogador agora giram em torno de R$ 1 milhão, muito acima do teto salarial praticado pelo Tricolor.

Sem acerto com Eder, o São Paulo voltou as atenções para Santiago Tréllez, que foi anunciado como reforço do Tricolor no início desta semana. Além do colombiano, que se destacou com a camisa do Vitória em 2017, o clube do Morumbi contratou Nenê, meia-atacante que deixou o Vasco para defender a equipe paulista.

Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports

Publicada em 09/02/2018, às 11:11

Dorival pode atingir marca que foi batida pela última vez por Muricy Ramalho no São Paulo

Caso vença o duelo da próxima quarta-feira, contra o CSA, pela Copa do brasil, técnico alcançará uma marca inatingível desde março de 2015

(Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

Pela segunda vez, Dorival Jr está próximo de quebrar um longo jejum no comando do São Paulo desde que chegou ao Morumbi. Vindo de três vitórias consecutivas, o treinador, caso vença o duelo da próxima quarta-feira, contra o CSA, pela Copa do brasil, alcançará uma marca inatingível desde março de 2015, quando Muricy Ramalho ainda estava à frente do Tricolor.



Na época, o São Paulo acabou superando o São Bento, Ponte Preta, San Lorenzo, este pela Libertadores, e Marília, somando quatro vitórias consecutivas. Ainda assim, não conseguiu alçar voos altos na temporada e teve de se contentar com mais um ano sem qualquer título conquistado.

Em 2017, já sob o comando de Dorival Jr, o São Paulo esteve muito próximo de vencer quatro jogos de maneira consecutiva. Foi na reta final do Campeonato Brasileiro. Depois de superar Flamengo, Santos e Atlético-GO, bastava ao Tricolor levar a melhor sobre a Chapecoense, no Pacaembu, para acabar com o jejum, no entanto, o time catarinense conseguiu sair de campo com um empate em 2 a 2.

Vindo de triunfos sobre Madureira, Botafogo-SP e Bragantino, Dorival Jr, ainda assim, tenta se livrar de uma vez por todas da grande pressão que se instalou no clube neste início de temporada. Para isso, o comandante são-paulino trabalhará duro neste Carnaval para que sua equipe, enfim, chegue à quarta vitória consecutiva. Mais do que o jejum, o resultado é de extrema importância pelo fato de o próximo jogo da equipe ser válido pela segunda fase da Copa do Brasil, contra o CSA, de Alagoas.



Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports