Publicada em 01/02/2018, às 10:28

Arma a ser aprimorada: Atlético-MG já teve mais de 40 escanteios na temporada

Jogada ensaiada já rendeu um gol, mas Galo pode ter melhor aproveitamento

Pelo alto, Leonardo Silva marcou o primeiro gol do Galo contra o Patrocinense (Foto: Bruno Cantini / Flickr do Atlético-MG)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Atlético direto no seu Messenger.

Com um time muito mais veloz e agudo em 2018, principalmente pelos lados do campo, o Atlético-MG desta temporada vem se destacando em um quesito que pode ser bem importante no decorrer do ano: os escanteios. Levando em consideração os quatro principais campeonatos estaduais do Brasil (Paulista, Carioca, Mineiro e Gaúcho), o Galo é o time que mais teve escanteios a seu favor, com muita sobra.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Nas quatro primeiras rodadas do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG acumula 44 cantos - uma média de 11 por partida. Entre os times que disputam a primeira divisão e estão nos quatro principais estaduais, ninguém tem tantos escanteios como o Galo. Quem aparece mais perto é o Santos, com 34 escanteios.

Além da velocidade do time pelos lados, já que o Galo de 2018 conta com Róger Guedes, Otero, Erik e outros jogadores rápidos para jogar pela ponta, um outro fator gera muitos escanteios. Uma jogada ensaiada na própria cobrança do tiro de canto tem sido fundamental para o número significativo.

Contra o Democrata-GV e o Patrocinense, nos dois jogos que o time titular foi utilizado, Otero tem cobrado os escanteios muito fechados, buscando um desvio na primeira trave para fazer o gol. Esse corte é arriscado para a defesa, que acaba, por segurança, cedendo mais escanteios em sequência. Contra o Patrocinense, por exemplo, o Galo chegou a ter três cantos em sequência. No sétimo do time no jogo, isso aos 25 minutos do primeiro tempo, o time alvinegro abriu o placar com Leonardo Silva, de cabeça, justamente com um desvio na primeira trave.

Os jogadores do Atlético-MG destacaram a jogada, e o zagueiro Gabriel garante que os lances ensaiados não vão parar por aí. Para Erik, o escanteio ensaiado é uma das boas maneiras de surpreender os adversários nos jogos.

- O Oswaldo trabalha várias situações. Não só escanteio, mas lateral e jogadas de fundo. O Otero tem essa qualidade de batida na bola. Sempre a gente procura na bola parada um meio de tentar fazer um gol, uma jogada ensaiada, porque isso pode surpreender o adversário. Eles estão mais atentos e nós temos tentado jogadas novas para tentar surpreendê-los - destacou o atacante do Atlético-MG.

Apesar do alto número de jogadas de escanteio, apenas um gol surgiu desse tipo de lance. Jogadas de bola parada de canto são constantemente treinadas por Oswaldo de Oliveira e, com um pouco mais de aprimoramento, podem ter ainda mais sucesso.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 23/02/2018, às 18:38

Treino indica titulares do Galo poupados antes de jogo pela Copa do Brasil

CLIQUE AQUI e receba notícias do Atlético direto no seu Messenger.

Neste domingo o Atlético-MG enfrenta o Tupi, às 17h, pela Campeonato Mineiro, em Juiz de Fora. Para o duelo válido pela oitava rodada do Estadual, o Galo deve jogar com uma equipe reserva, já que na próxima semana o clube tem compromisso pela terceira fase da Copa do Brasil, contra o Figueirense, em Florianópolis.



Pela atividade realizada nesta sexta-feira à tarde, na Cidade do Galo, o técnico interino Thiago Larghi optou por uma escalação alternativa. O time foi formado por Cleiton, Samuel Xavier, Iago Maidana, Matheus Mancini e Danilo; Arouca, Gustavo Blanco, Tomás Andrade e Cazares; Luan e Carlos.

Além do jogo de ida pela terceira fase da Copa do Brasil, a próxima semana tem outro importante compromisso para o Atlético, o clássico com o Cruzeiro, pelo Campeonato Mineiro.

Com 11 pontos conquistados no Estadual, o Galo tem situação bem encaminhada para se classificar às quartas de final do torneio. Por outro lado, o rival celeste tem 19 pontos, que praticamente tira a equipe alvinegra da disputa pelo primeiro lugar, que dá vantagens nas etapas seguintes da competição.




O Atlético ainda faz mais um treino antes de enfrentar o Tupi. No entanto, como é costume na Cidade do Galo, a atividade vai acontecer sem a presença da imprensa.

Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte