Publicada em 31/01/2018, às 14:44

Zé Ricardo perde titular do Vasco em 2017 por um mês por nova lesão

Zagueiro Breno, que se recuperava de uma cirurgia no joelho, terá que realizar novo procedimento no local para a limpeza de um fragmento do menisco

(Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Vasco direto no seu Messenger.

Sem muitas opções para a zaga, o técnico Zé Ricardo ganhou mais um problema. O zagueiro Breno, que se recuperava de uma cirurgia no joelho, terá que realizar novo procedimento no local para a limpeza de um fragmento do menisco. Com isso, o defensor será desfalque por mais um mês.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Breno era considerado um dos titulares de Zé Ricardo para este início de temporada, mas conviveu com as dores no joelho operado. Nesta semana, o jogador foi a São Paulo, onde realizou a operação e foi constatado a necessidade do novo procedimento.

Sem Breno, Zé Ricardo conta com Ricardo Graça, Erazo, Werley, Luiz Gustavo e Paulão para o setor. No entanto, apenas Ricardo Graça iniciou apresentação-temporada com o elenco. O restante chegou ao Vasco com o trabalho já iniciado. Para a estreia na Conmebol Libertadores, nesta quarta-feira, contra o Universidad Concepción (CHI), a zaga será formada por Ricardo Graça e Erazo.

Conteúdo publicado originalmente no site Fox Sports

Publicada em 23/02/2018, às 13:47

Zé Ricardo recebe proposta tentadora do Al-Ahli e pode deixar o Vasco

CLIQUE AQUI e receba notícias do Vasco direto no seu Messenger.

O técnico Zé Ricardo pode deixar o Vasco. O comandante recebeu uma proposta tentadora do Al-Ahli, dos Emirados Árabes, e terá uma conversa definitiva com a diretoria. Os valores estão muito acima do que o Cruzmaltino pode pagar.



O contrato seria de R$ 23 milhões por três anos. No Vasco, o treinador recebe salário de cerca de R$ 170 mil, consideravelmente inferior ao que foi oferecido pelo Ah-Ahli.

A conversa é para um aumento salarial e ampliação do vínculo até dezembro de 2019. Zé Ricardo, desta forma, passaria a receber vencimentos na casa de R$ 250 mil, ainda bem abaixo do que os árabes acenam.

O Vasco mostrará ao profissional a sua importância no processo de reestruturação do futebol do clube e afirmará que a continuidade em São Januário é fundamental para o projeto idealizado pela nova direção.



Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte