Publicada em 31/01/2018, às 13:51

Eles sabem o caminho: três relacionados do São Paulo já ganharam a Copa do Brasil

Trio está em Londrina para estreia contra o Madureira. Quarto jogador que levantou taça pode sair

Diego Souza e Anderson Martins foram campeões da Copa do Brasil de 2011, pelo Vasco (Foto: Érico Leonan / Saopaulofc.net)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

Três jogadores relacionados pelo São Paulo para a partida contra o Madureira, nesta quarta-feira, às 21h45, em Londrina, já foram campeões a Copa do Brasil. Dois deles, por sinal, estão no time titular. São eles o zagueiro Anderson Martins e o meia-atacante Diego Souza. Ambos foram contratados nesta temporada.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





Anderson Martins e Diego Souza conquistaram a Copa do Brasil em 2011 pelo Vasco. Diego ainda tem em seu currículo outro título do torneio, pelo Flamengo, em 2006. Mas naquela ocasião ele participou de apenas uma partida da campanha, atuando por 20 minutos. Conhecer bem os atalhos da competição pode ajudar os dois nesta caminhada com o São Paulo.

– Gera esse desejo de colocar nosso nome da história do clube, ainda mais sendo um título inédito. A equipe tem trabalhado firme. Esperamos começar com uma vitória nesse campeonato tão importante para o clube. É uma competição de tiro curto, sabemos da importância de cada jogo, como se fosse uma decisão. Temos experiências de outros clubes que foram eliminados por clubes de menor expressão – afirmou Anderson Martins.

Hudson é outro do grupo tricolor que também já conquistou o torneio nacional. E foi recente. No ano passado, ele era titular do Cruzeiro de Mano Menezes. Nesta temporada, porém, ele voltou de empréstimo e pode, no São Paulo, utilizar o que aprendeu no título de 2017. O volante está entre os reservas para a partida desta quarta-feira, contra o Madureira.

Há ainda um quarto jogador do Tricolor que também foi campeão do torneio: Maicosuel, vencedor pelo Atlético-MG em 2014. O meia-atacante, porém, não vive boa fase no São Paulo, foi liberado pela diretoria para procurar um novo clube e pode sair.

Contratado no ano passado por indicação do então técnico Rogério Ceni, ele não engrenou no time. Machucou-se logo que chegou, optou por ficar sem receber salários até melhorar e não encontrou espaço na equipe.

No primeiro jogo desta temporara, ele foi titular, quando Dorival Júnior optou por time reserva. Mas uma falha individual atrapalhou o time na derrota para o São Bento. De lá para cá, não foi mais relacionado.

Nesta quarta-feira, o São Paulo tem a vantagem do empate com o Madureira, que escolheu mandar o jogo em Londrina para tentar arrecadar maior renda. Na primeira fase da Copa do Brasil, o time melhor colocado no ranking joga fora de casa, mas tem a vantagem da igualdade em partida única. Na segunda fase, o empate no tempo normal leva a decisão para os pênaltis.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 22/02/2018, às 21:23

Usados só um tempo em Itu, Nenê e Diego Souza treinam no São Paulo

No dia seguinte à derrota para o Ituano, os dois foram os únicos titulares na linha que trabalharam no CT da Barra Funda, de olho no duelo de domingo, contra a Ferroviária

(Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

CLIQUE AQUI e receba notícias do São Paulo direto no seu Messenger.

No dia seguinte à derrota por 2 a 1 para o Ituano, Diego Souza e Nenê foram os únicos titulares do São Paulo que participaram do treino desta quinta-feira, no CT da Barra Funda. Ambos foram sacados no intervalo da partida dessa quarta-feira e, por isso, foram usado na atividade, fechada à imprensa.



Somente quem atuou por mais de 45 minutos realizou trabalho regenerativo. Por isso, tanto Diego Souza e Nenê quanto Valdívia e Tréllez, que entraram nos seus lugares em Itu, treinaram ao lado dos reservas na tarde, que teve a definição da permanência de Dorival Júnior à frente da equipe.

O clube divulgou que o técnico usou a atividade para enxergar opções de mudança para enfrentar a Ferroviária, no domingo, no Morumbi. O Tricolor tem dois desfalques certos: o volante Jucilei, que teve contratura na coxa direita, e o lateral-esquerdo Reinaldo, suspenso - a tendência é que Petros, que cumpriu suspensão, volte ao meio-campo, e Edimar reapareça na lateral.

Dorival dividiu o grupo em dois times, que se enfrentaram sob exigência de movimentação e trocas rápidas de passes. Na atividade, quem passava da linha na intermediária saía frente a frente com o goleiro e era obrigado a finalizar.



Na manhã desta sexta-feira, com a entrada liberada para a imprensa, o São Paulo volta a trabalhar, de olho no duelo de domingo. No sábado, em treinamento fechado, o time realiza a última atividade antes de tentar a recuperação no Campeonato Paulista - vem de duas derrotas seguidas e é o terceiro time que mais perdeu na competição.

Conteúdo publicado originalmente no site Lance!