Publicada em 29/01/2018, às 15:08

Rival do Vasco apresenta reforços, e técnico minimiza saída de Nenê

Universidad de Concepción contratou seis jogadores, quatro deles com passagem pela seleção chilena. Francisco Bozán mostra conhecimento do adversário e elogia Evander e Wagner

Universidad de Concepción apresentou seis reforços (Foto: Felipe Schmidt)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Vasco direto no seu Messenger.

O Vasco terá um rival reforçado pela frente na Libertadores. Nesta segunda-feira, a Universidad de Concepción apresentou seis contratações que fez para o duelo pelo torneio continental. Quatro deles têm passagem pela seleção chilena: o zagueiro Martínez, o volante Figueroa, o meia Morales e o atacante Pineda. O volante Albarzua e o atacante Santiago Silva completam a lista.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





O técnico da UdeC, Francisco Bozán, se mostrou satisfeito com os reforços. E também provou que está bem informado sobre o Vasco. Questionado sobre a saída de Nenê, elogiou Evander e Wagner, possíveis substitutos.

- Nenê não jogou contra o Nova Iguaçu, porque havia sido expulso. Me parece que nessa equipe já viam Evander como meia. Sinto que o Vasco ganha bastante dinâmica com a entrada de Evander. Não é como Nenê, que se movimenta bem, arma as jogadas, mas para mim, Evander e Wagner são bons jogadores – analisou Bozan.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 23/02/2018, às 13:47

Zé Ricardo recebe proposta tentadora do Al-Ahli e pode deixar o Vasco

CLIQUE AQUI e receba notícias do Vasco direto no seu Messenger.

O técnico Zé Ricardo pode deixar o Vasco. O comandante recebeu uma proposta tentadora do Al-Ahli, dos Emirados Árabes, e terá uma conversa definitiva com a diretoria. Os valores estão muito acima do que o Cruzmaltino pode pagar.



O contrato seria de R$ 23 milhões por três anos. No Vasco, o treinador recebe salário de cerca de R$ 170 mil, consideravelmente inferior ao que foi oferecido pelo Ah-Ahli.

A conversa é para um aumento salarial e ampliação do vínculo até dezembro de 2019. Zé Ricardo, desta forma, passaria a receber vencimentos na casa de R$ 250 mil, ainda bem abaixo do que os árabes acenam.

O Vasco mostrará ao profissional a sua importância no processo de reestruturação do futebol do clube e afirmará que a continuidade em São Januário é fundamental para o projeto idealizado pela nova direção.



Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte