Publicada em 29/01/2018, às 21:58

Fla oficializa proposta, e negociação com Flu por Henrique Dourado avança

Equipes tentam definir valor para sacramentar negociação do atacante, que também interessava ao Corinthians. Negócio pode ser finalizado já nos próximos dias

Dourado revelou desejo de deixar o Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense/FC)



A segunda-feira foi significativa para a definição do futuro de Henrique Dourado. O Fluminense recebeu uma proposta oficial do Flamengo, e os dois clubes avançaram na negociação pelo atacante.

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





O que ainda não determinou o término das tratativas é o valor a ser pago. A diferença entre o oferecido pelo Rubro-Negro e o pedido pelo Tricolor não é grande. A multa rescisória é de 4,5 milhões de euros (R$ 17,8 milhões).

Foi de forma silenciosa para evitar o máximo de alarde que o Fla tratou do caso. Nos últimos dias, a direção decidiu centralizar esforços no Ceifador. Afinal, não teve sucesso na tentativa de repatriar Vagner Love e precisa de reposição dada a suspensão de Guerrero.

Inicialmente, o Tricolor não tinha interesse em negociar com o rival. Porém, a proposta apresentada foi melhor do que a oferecida pelo Corinthians, outro time que tem interesse no camisa 9. A eleição presidencial no Timão, marcada para o dia 3 de fevereiro, porém, o prejudicou na disputa.

Por contrato, o Flu tem direito a 50% do valor da multa. O restante é do Mirassol, time de São Paulo que divide os direitos do atleta com o Tricolor. A negociação em andamento não tem ligação alguma com o empréstimo do lateral-direito Léo, que pertence ao Flamengo.

A situação do Ceifador está indefinida desde que ele tornou pública a vontade de trocar de ares. Isso ocorreu nos Estados Unidos, local da pré-temporada. Desde então, embora continue treinando, não foi mais relacionado por Abel Braga.

Henrique Dourado chegou ao Fluminense em julho de 2016 com a difícil missão de substituir Fred. Deslanchou em 2017. Foi o artilheiro do ano no Brasil com 32 gols, o goleador do Brasileirão ao lado de Jô (18 gols) e ainda se destacou nos pênaltis, convertendo todas as 11 cobranças que bateu.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em , às