Publicada em 29/01/2018, às 21:43

Escudero consegue rescisão contratual na Justiça e deixa o Vasco

Em um ano na Colina, meia argentino disputou 23 jogos e marcou um gol. Clube estuda a possibilidade de tentar inverter a decisão

(Foto: Paulo Fernandes / Vasco)

CLIQUE AQUI e receba notícias do Vasco direto no seu Messenger.

O meia Escudero conseguiu nesta segunda-feira a rescisão contratual com o Vasco na Justiça, por causa de atraso superior a três meses no pagamento de direitos de imagem e FGTS. A nova diretoria conversou com o elenco, quitou um mês, mas o atleta optou pela saída. A informação é da "ESPN".

CONTINUA DEPOIS DOS ANÚNCIOS





- O Vasco não foi notificado oficialmente ainda. A nova gestão chegou e imediatamente pagou uma folha. Foi conversado com os atletas que está havendo um esforço enorme para regularizar os outros atrasados. Mas, provavelmente, ele não quis esperar - afirmou Rogério Peres, novo vice jurídico.

O argentino foi contratado em dezembro de 2016 e nunca se firmou com a camisa cruz-maltina. Ele disputou 23 jogos e marcou um gol. Em sua reta final, o jogador teve uma lesão no pé e ficou a maior parte do tempo no departamento médico.

Conteúdo publicado originalmente no site GloboEsporte

Publicada em 23/02/2018, às 13:47

Zé Ricardo recebe proposta tentadora do Al-Ahli e pode deixar o Vasco

CLIQUE AQUI e receba notícias do Vasco direto no seu Messenger.

O técnico Zé Ricardo pode deixar o Vasco. O comandante recebeu uma proposta tentadora do Al-Ahli, dos Emirados Árabes, e terá uma conversa definitiva com a diretoria. Os valores estão muito acima do que o Cruzmaltino pode pagar.



O contrato seria de R$ 23 milhões por três anos. No Vasco, o treinador recebe salário de cerca de R$ 170 mil, consideravelmente inferior ao que foi oferecido pelo Ah-Ahli.

A conversa é para um aumento salarial e ampliação do vínculo até dezembro de 2019. Zé Ricardo, desta forma, passaria a receber vencimentos na casa de R$ 250 mil, ainda bem abaixo do que os árabes acenam.

O Vasco mostrará ao profissional a sua importância no processo de reestruturação do futebol do clube e afirmará que a continuidade em São Januário é fundamental para o projeto idealizado pela nova direção.



Conteúdo publicado originalmente no site UOL Esporte